Cursos da 2ª Edição do Programa Qualifica 300 começaram nesta segunda-feira (22)

Vicente Aquino

As aulas da 2ª Edição do Programa Qualifica 300 tiveram início nesta segunda-feira (22), em algumas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), em Cuiabá. As atividades serão ministradas nos três turnos (manhã, tarde e noite), com uma média de 20 a 30 participantes em cada turma. Nessa 1ª etapa, serão capacitadas 611 pessoas com término previsto para o dia 13 de setembro.

As primeiras unidades contempladas foram os Cras dos bairros Pedra 90, Osmar Cabral, Dom Aquino, Jardim Araçá, Getúlio Vargas, Praieiro, Nova Esperança, CPA e Drº Fábio com cursos de formação de Padeiros, Confeiteiros, Salgadeiros, Auxiliar de Recursos Humanos, Assistente Administrativo, Operador de Caixa, Recepcionista, Operador de Computador, Confeccionador de Lingerie e Costureiro de Vestuário.

O segundo ano da ação que leva cursos profissionalizantes e de capacitação gratuita à população cuiabana apresenta algumas novidades. O número de vagas em relação ao ano passado mais que dobrou, subindo de 1,2 mil para 3 mil vagas destinadas a pessoas em vulnerabilidade social.

Outra inovação está na inclusão da população imigrante (venezuelanos, haitianos, entre outros) e da população em situação de rua no grupo prioritário. Os critérios para o acesso ao ensino é possuir registro no Cadastro Único, porta de entrada para os programas sociais, e ter o Número de Inscrição Social (NIS).

As aulas serão oferecidas pelos 14 Centros de Referência em Assistência Social (Cras) e os dois Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS), além da disponibilização de cinco carretas móveis equipadas, três a mais em relação a 1ª edição, para determinados cursos irem até os bairros, cumprindo uma das exigências da Prefeitura que é de levar os cursos até os bairros para facilitar o acesso.

A 2ª edição do Programa Qualifica 300, idealizado pela primeira-dama Márcia Pinheiro e coordenado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (Smasdh) será em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

“Essa edição está mais completa com o acesso aos cursos voltados também aquelas pessoas que deixaram seus países, por diversas razões, atrás de oportunidade e não podemos fechar os olhos para essa realidade. A marca da nossa gestão é de cuidar das pessoas, pensar nelas e essa edição do Qualifica traduz isso muito bem”, elencou a primeira-dama, Márcia Pinheiro.

Comentários Facebook