Sete veículos são recuperados em quatro cidades

Policiais militares de Cuiabá, Rio Branco, Sapezal e Rondonópolis, recuperaram de segunda a até esta quarta-feira (16 a 18.09), sete veículos, entre carros e motos. A cidade de Rondonópolis registrou quatro destas ocorrências.

Na capital, no bairro Altos da Gloria, os policiais receberam uma denúncia sobre uma motocicleta laranja escondida próxima a um córrego. Os policiais foram até o local e encontraram o veículo coberto por madeiras e galhos secos. A consulta sobre a moto apontou uma queixa de roubo.

Em Rio Branco, no bairro Fidelândia, os homens identificados como O.S.R. (19 anos) e R.M.M. (23), estavam em uma moto Honda Fan 125, com a placa adulterada. Na consulta, foi descoberto que ela foi furtada em Cáceres. A dupla foi encaminhada à delegacia.

Já em Sapezal, uma moto Honda NXR 150 Bros preta foi localizada pelos policiais abandonada em uma propriedade rural. O veículo estava com queixa de furto.

Em Rondonópolis, um veículo foi recuperado no bairro Parque São Jorge, um Fiat Uno Mille azul. O carro, furtado em julho deste ano, estava abandonado em uma rua.

Já no bairro Boa Esperança, foi localizado um quadro de moto em um terreno baldio. Na consulta, os agentes identificaram que a peça fazia parte de uma Honda Biz verde, com queixa de furto.

A terceira ocorrência foi registrada no bairro Jardim Rondônia, onde dois veículos de um mesmo proprietário foram furtados. Um Toyota Corolla Branco e um Fiat Toro vermelho foram encontrados abandonados. Em um dos veículos estavam dois notebooks e um celular que também foram recuperados.

Os veículos foram encaminhados à delegacia para as devidas providências

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Comentários Facebook