MT Prev comemora 10 anos de aposentadoria digital apresentando novos desafios para 2020

O Mato Grosso Previdência (MT Prev) comemorou nesta segunda-feira (02.12) 10 anos de criação do sistema de aposentadoria digital do Estado em uma solenidade que reuniu autoridades e servidores, no Palácio Paiaguás. Mato Grosso foi pioneiro na implantação do sistema, em 2009, ganhando notoriedade e chegando a ser premiado pelo Ministério do Planejamento um ano depois, na Espanha.

Esta trajetória foi relembrada pelo diretor-presidente do MT Prev, Elliton de Oliveira Souza, durante a cerimônia. O gestor lembrou também que antes do sistema digital, um servidor esperava em média até um ano para se aposentar, tempo este que reduziu, podendo levar de 15 a 90 dias.

“Antigamente o servidor entrava com um pedido de aposentadoria com um processo físico que tramitava nas secretarias. Se tinha algo de errado, ele era devolvido para fazer os ajustes e uma vez que era feito o ato de aposentadoria, demorava ainda mais um tempo para ele saber que o ato havia sido publicado. Hoje este ato leva 15 minutos. Então a aposentadoria digital passou a ser uma revolução no meio previdenciário”, relembrou Elliton.

A digitalização economizou tempo e recursos, demonstrando resultado: a taxa de retorno dos processos, antes de 70%, caiu para 3,1%, de acordo com levantamento da Controladoria Geral do Estado (CGE).

Como forma de reconhecimento, o diretor-presidente do MT Prev concedeu uma homenagem à equipe de Concessão de Aposentadoria, representada pelos  servidores da autarquia: Érico Almeida, Danielle Castro e Kaliane Saturnino.

Governo Digital

O MT Prev também apresentou os novos projetos que devem ser implantados até o segundo semestre de 2020, que preveem a digitalização de serviços como a aposentadoria por invalidez, a pensão por morte, a certidão por tempo de contribuição e a informatização de laudos médicos.

Este modelo foi defendido pelo secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, que na oportunidade apresentou um modelo que já está sendo adotado pela Pasta para a informatização dos processos.

“Este é o exemplo que queremos seguir não só no MT Prev, mas em todo o Estado. Nós iniciamos com a Casa Civil um sistema de software federal, que vai eliminar os papeis para a gente digitalizar todo o nosso presente e a partir daí começar a ver todo o nosso passado”, pontuou Carvalho.

O secretário ainda parabenizou os servidores envolvidos na previdência estadual lembrando do “legado” do qual estes são responsáveis. “Se a gente for avaliar o MT Prev em todos estes anos foi uma das poucas repartições que pouco ruído deu junto à sociedade. Isso prova o quanto vocês estão envolvidos com a carreira e o quanto isso tem feito diferença na vida das pessoas”, finalizou Mauro Carvalho.

Nova marca

Na ocasião, o diretor-presidente do MT Prev também apresentou a marca que representa o novo desafio da autarquia como unidade gestora única da previdência de todos os servidores estaduais, entre eles o Executivo, Legislativo, Judiciário, Ministério Público, Tribunal de Contas e Defensoria Pública. A marca foi desenvolvida pela Secretaria Adjunta de Comunicação (Secom), da qual Elliton agradeceu o empenho.

“Nós entendemos que é um novo tempo para o MT Prev, consolidando-se como unidade gestora única, não somente para administrar a aposentadoria dos servidores do Executivo, mas estamos avançando para administrar a aposentadoria de todos os servidores públicos de Mato Grosso. E nada melhor do que a gente construir uma nova marca do qual contemple essa identidade contemplando todos os poderes”, disse o gestor.

Aposentadoria digital

Os servidores que possuem os requisitos para aposentadoria (cumprimento de tempo de contribuição e idade) podem solicitar o serviço por meio do disque-servidor 0800 647-3633.

No ato da solicitação, o servidor deve estar munido de documentos pessoais como CPF, matrícula, endereço atualizado, e-mail e telefones para contato. Além disso, é necessário que o servidor que queira obter informações sobre a sua vida funcional, como seu tempo de serviço, procure a gestão de pessoas do seu órgão de origem.

Comentários Facebook