Política Cuiabá

Nadaf se reúne com moradores do Porto e Águas Cuiabá para solucionar problemas da região

Assessoria de Imprensa

Nesta segunda-feira (13) o vereador professor Mário Nadaf (PV) se reuniu com moradores da Rua Feliciano Galdino no Bairro Porto, e uma equipe da empresa Águas Cuiabá para discutir sobre o problema que tem ocorrido com a adutora da rua em questão e pedir soluções.
Em fevereiro de 2019, o gabinete do parlamentar Mário Nadaf solicitou a troca imediata da adutora de água construída com cimento amianto, que além de não ser o ideal para o local, causando transtornos para os populares, também é considerado substância de potencial cancerígeno, podendo trazer sérios problemas para a saúde da população.
Desde que assumiu os serviços de saneamento da capital, a Águas Cuiabá segue um cronograma de substituição das redes de abastecimento em todo município. “Estou me comprometendo a deixar pronto até o 1º trimestre deste ano”, disse o gerente operacional da Águas Cuiabá, William Figueiredo.
Clóvis Figueiredo é empresário e morador da Rua Feliciano Galdino e comentou sobre as dificuldades enfrentadas pelos comerciantes, que ficam dias sem trabalhar por conta de interdições. “Muitas vezes chegamos a ficar de 2 a 3 dias sem trabalhar e nunca acionei a empresa juridicamente por isso, pois sei que o vereador Mário está trabalhando a nosso favor.”
Uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu a produção, uso e comercialização do amianto branco em todo o país em 2017. Segundo a OMS, Organização Mundial da Saúde, mais de 125 milhões de pessoas em todo mundo estão expostas ao amianto em seus locais de trabalho, através da inalação de fibras presentes no ar. O produto já foi banido em mais de 70 países.

Paula Andrade | Assessoria Vereador Mario Nadaf

Comentários Facebook

Política Cuiabá

CCJR analisa novos projetos nesta quarta

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Câmara Municipal de Cuiabá fará mais uma reunião remota na manhã desta quarta-feira (22), a partir das 10h30, para analisar nove projetos de lei de autoria dos próprios parlamentares.

A comissão é presidida pelo vereador Lilo Pinheiro (PDT), tendo como vice-presidente Juca do Guaraná Filho (MDB) e Wilson Kero Kero (Podemos) como membro.

Dentre a pauta, consta o projeto de lei de autoria do vereador Misael Galvão (PTB), presidente do legislativo cuiabano, que apresenta um substitutivo ao processo legislativo nº 1.136/2019 em tramitação na Casa de Leis. O processo em destaque dispõe sobre a classificação de atividades de baixo risco para o desenvolvimento de atividade econômica no município de Cuiabá, em consonância com a Lei Federal que institui a declaração de direitos e liberdade econômica.

Outro projeto que será analisado pela CCJR é o projeto de lei de autoria do vereador Marcelo Bussiki (DEM) que dispõe sobre a isenção das taxas de concursos públicos e processos seletivos municipais aos prestadores de serviço voluntário e dá outras providências.

Será analisado ainda o projeto que torna obrigatório a instalação de dispositivos de sinalização com tradução para dois idiomas em órgãos e prédios da administração municipal, de autoria do vereador Adilson Levante (PSB).

Jean Estevan / Câmara Municipal de Cuiabá

Comentários Facebook
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

POLÍTICA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA