Programa reinicia atividades no ano de 2020

Assessoria

O Programa Bom de Bola, Bom de Escola retomou no dia 4 de fevereiro as atividades para o ano de 2020, com o desafio de ampliar o número de vagas ofertadas. Em 2019 foram atendidos 800 alunos, e a procura por vagas não para de crescer, atualmente a lista de espera é de 250 alunos.

Desenvolvido pela Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), o programa foi retomado pelo prefeito Emanuel Pinheiro com um novo perfil e se transformou numa ferramenta de cidadania, inclusão social, formação, e de resgate da cultura esportiva cuiabana, com o projeto Meu Time, Minha Paixão. Em 2018, no primeiro ano de atividades do programa, foram ofertadas 350 vagas.

O crescimento do Bom de Bola, Bom de Escola tem como base o alcance social do programa. No ano passado Dona Sandra Barbosa, moradora do bairro Coophamil matriculou o filho Luís Felipe de 7 anos na aula de futebol, e agora relata os benefícios. “Houve mudanças na escola e em casa, principalmente na questão disciplinar, eu acho o Bom de Bola, Bom de Escola, de grande valia, espero que mais crianças sejam atendidas”.

O Instituto para o Desenvolvimento Econômico, Ambiental, Esportivo e Social de Mato Grosso (IDEAES), é a entidade executora do programa.  Segundo o seu presidente, Mário Márcio Pécora, a grande procura se deve ao trabalho sério que vem sendo desenvolvido.“Nós recebemos do prefeito Emanuel Pinheiro, e do secretário de Educação do Município, Alex Vieira Passos, a missão de transformar o Bom de Bola, Bom de Escola no maior programa esportivo social do Brasil, e estamos nos empenhando nesse sentido. Os resultados obtidos em 2019 e o respaldo dos pais são animadores”, afirmou.

A constante capacitação da equipe de professores e auxiliares também é apontado pelo presidente como um dos diferenciais. “Todo o semestre promovemos cursos para os nossos colaboradores com a intenção de tornar as aulas mais atrativas e prazerosas para os nossos alunos”, disse Pécora.

Sobre a ampliação do programa para 2020, Pécora disse que vem sendo feito um esforço nesse sentido, porém neste momento as vagas existentes são apenas para crianças de 6 a 8 anos. Isso porque os alunos dessa faixa etária que estavam matriculados no programa no ano passado subiram de categoria.

O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos ao falar sobre o Bom de Bola, Bom de Escola e seus resultados destacou o objetivo da gestão Emanuel Pinheiro, dar instrumentos e possibilidades para que os alunos matriculados na rede pública municipal de Ensino tenham uma formação de qualidade. “Com programas voltados para o fortalecimento emocional, físico e social, estamos investindo cada vez mais na Educação, e promovendo a verdadeira transformação na vida dos nossos alunos”, salientou o secretário Alex Vieira Passo.  

Programa

O Bom de Bola, Bom de Escola atende alunos matriculados nas unidades educacionais da rede pública municipal de Ensino a partir dos 06 até os 14 anos. As atividades envolvem a prática esportiva do futebol e do futsal e são desenvolvidas nos bairros Coophamil, Dom Aquino, Pedra 90 e CPA. Os treinos são realizados de terça a sexta-feira, no contra turno escolar.

Comentários Facebook