Quadrilha que roubava bancos é presa com armas e explosivos

Equipes da Rotam e Força Tática prenderam na noite de quarta e madrugada desta quinta-feira (20 e 21.05), três homens e apreenderam um adolescente por formação de quadrilha, receptação e porte ilegal de arma de fogo, no bairro Jardim Novo Horizonte, na capital.

Na ação, os agentes apreenderam duas submetralhadora calibres 380 com 30 munições, uma pistola calibre 45, com três munições, três pés de cabra, duas alavancas de metal, 67 emulsões explosivas, um saco com granulado explosivo, um rolo de cordel detonante e 16 espoletas.

Conforme o boletim de ocorrência, a denúncia descrevia que a quadrilha estava organizando arrombamentos a caixas eletrônicos na Grande Cuiabá. A informação apontava que os suspeitos seriam moradores dos bairros Doutor Fábio e Jardim Vitória e estariam em um veículo GM Onix branco.

Em patrulhamento, a equipe Rotam 90 percebeu um veículo com as mesmas características, com um homem e um adolescente. Na vistoria no carro, os policiais confirmaram queixa de roubo. Questionado, o suspeito adulto apontou de quem seria o veículo e a residência do denunciado, no bairro Ouro Fino.

O suspeito denunciado dormia quando os militares chegaram. No quintal da casa foram encontrados os pés de cabra e as alavancas. Em uma parede de alvenaria com fundo falso estavam as duas armas de fogo e duas bombas. Uma equipe do Bope foi acionada e realizou a retirada do material de forma adequada.

Questionado, o suspeito disse que era o responsável de guardar o material e apontou um quarto suspeito que teria mais explosivos.

Já no bairro Jardim Vitória, em uma área de invasão, os policiais abordaram um homem que correu com a presença das viaturas, mas foi contido. Em sua casa, os agentes encontraram mais explosivos e o restante do material apreendido.

Onix estava com queixa de roubo e foi recuperado

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Comentários Facebook