Politec registra alto índice de conclusão de laudos durante pandemia

Durante a vigência do regime excepcional de trabalho na Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), adotada como medida de prevenção à pandemia da Covid-19, a instituição registrou aumento nos índices de conclusão de laudos periciais.

Antes do dia 23 de março, quando teve início o regime excepcional de trabalho na Politec, a média geral de conclusão de laudos era de 93,42% e, depois dessa data, registrou-se um aumento de 3,21%.

O diretor geral da Politec, Rubens Sadao Okada, explica que o número significa que até o dia 27 de junho, os peritos oficiais de todo o Estado concluíram uma quantidade de laudos periciais superior à demanda de perícias solicitadas neste período.

Em números absolutos, foram 13.722 laudos concluídos de um total de 14.206 perícias solicitadas entre os dias 23 de março a 27 de junho.

A redução no número de crimes também contribuiu para os resultados, refletindo diretamente na diminuição nas solicitações de perícias, e do número de passivos de laudos.

No período de 10 de março a 28 de junho, a Secretaria de Estado de Segurança Pública registrou uma redução de 39,6% nos registros de roubos; de 64,7% na taxa de roubo seguido de morte; 9,1% do índice de homicídio doloso e de 22,7% em ocorrências de tráfico/uso de drogas no estado, em comparação com o mesmo período do ano passado.

A alta produtividade da Politec teve destaque durante a semana de 17 a 23 de maio, em que a taxa de conclusão de laudos foi de 105,41%, ou seja, 5,41% superior à demanda daquela semana.

O regime excepcional de trabalho, regulamentado pelo Conselho de Política Científica e Tecnológica da Politec, consiste nas modalidades de flexibilização da jornada de trabalho; teletrabalho; revezamento e escalas diferenciadas de plantão.

“Todos combinados para atender a duas diretrizes básicas que definimos como essenciais: cumprir com a nossa missão de realizar as periciais para atender a persecução penal e preservar a saúde e a vida dos nossos servidores, diminuindo as possibilidades de contágio e transmissão. Os dados estatísticos da Politec mostram isso, alta produtividade e baixo número de infectados’’, analisou o diretor geral.

Comentários Facebook