Destaque 2

Polícia Civil apreende toras de madeira em operação de combate a crime ambiental em Comodoro

Publicados

em

A Polícia Civil de Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá) deflagrou uma operação de combate aos crimes ambientais, na manhã de sexta-feira (07.08), na zona rural do município, região da Gleba 12 de outubro. No trabalho policial foram apreendidas 27 toras de madeira irregulares, uma motosserra e um caminhão trator com guincho.

Duas pessoas foram detidas e conduzidas para esclarecimentos, sendo um deles autuado por falta de habilitação para dirigir veículo automotor. A Delegacia de Polícia de Comodoro investiga a prática de crimes contra o meio ambiente, em especial a extração de florestas de domínio público ou preservação permanente sem prévia autorização, pedra, areia, cal ou qualquer espécie de minerais.

Os policiais civis foram para acompanhamento da perícia de engenharia legal e meio ambiente em uma área de “grilo”, na estrada aberta sentido cidade de Vilhena (RO). No local, foram constatadas a retirada ilegal de madeiras, sendo encontradas 27 toras e uma motosserra sem a corrente. No momento da chegada das equipes no local não havia ninguém. As toras de madeiras foram apreendidas, mas ficaram no local por impossibilidade de remoção.

Leia Também:  Sesp realiza novo leilão de veículos e sucatas na próxima quarta-feira (30)

Em continuidade as diligências foram identificados vários lugares de retiradas de madeiras, inclusive com marcas de pneus de trator. No decorre ainda na região de grilo, foi realizada a abordagem de um caminhão Ford/Cargo com dois ocupantes que transportavam na carroceria do veículo um trator Ford 6600 . Na ocasião foi verificado que o motorista conduzia o veículo sem a carteira nacional de habilitação (CNH).

Perguntados sobre o destino, ambos contaram que tinham sido contratados para limpar uma área nas proximidades de uma fazenda vizinha da área de grilo. Diante dos fatos os dois homens foram conduzidos para Delegacia de Comodoro para serem ouvidos.

As investigações continuam com objetivo de identificar e prender pessoas envolvidas em crimes de extração ilegal de madeiras na região.

Comentários Facebook

Destaque

Banhistas encontram corpo com cabeça arrancada às margens de rio

Publicados

em

O corpo de um homem, que teve a cabeça decapitada, foi encontrado na tarde desta segunda-feira (28), às margens do Rio dos Macacos, em Sinop (500 km de Cuiabá). Pessoas que foram até o rio viram o corpo caído e acionaram a polícia.

De acordo com informações da Polícia Civil, o homem, que ainda não foi identificado, estava virado com a barriga para baixo, sem camisa, usando short jeans e descalço. Um par de chinelos foi encontrado perto do corpo.

Uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi ao local para realizar o trabalho de perícia.

A Polícia Civil irá apurar o caso.

Fonte: Repórter MT

Comentários Facebook
Leia Também:  Todos os municípios de Mato Grosso apresentam risco baixo de contaminação da Covid-19
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

POLÍTICA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA