Baixada Cuiabana

Polícia Civil prende três traficantes com droga e plantas de maconha

Publicados

em

Investigações do tráfico de drogas realizadas pela equipe da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), na tarde de segunda-feira (10.08), no bairro Jardim dos Ypês em Cuiabá resultaram na prisão em flagrante de três pessoas em posse entorpecentes e plantas de maconha.

.

Os suspeitos, sendo dois homens e uma mulher, foram presos durante verificação de uma denúncia e autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação par ao tráfico.

As diligências iniciaram após os policiais da DRE receberem informações de que em uma rua no bairro Jardim dos Ypês havia um rapaz que atuando com o comércio de entorpecentes. Com base na denúncia, os investigadores fizeram o monitoramento do endereço, momento em que flagraram dois jovens saindo de um matagal com uma bolsa.

Os suspeitos entraram em um veículo Volkswagem Gol dirigido por um terceiro, ocasião em que os policiais decidiram realizar a abordagem. Durante a revista pessoal, os policiais encontraram na bolsa, um pedaço grande de maconha.

Leia Também:  Mais 15 leitos são disponibilizados em hospital municipal de Rondonópolis

Em continuidade as diligências, os policiais foram até o endereço de um dos conduzidos, no bairro Tijucal, onde foram encontradas duas plantas de maconha.

Comentários Facebook

Baixada Cuiabana

Polícia Civil e Procon Municipal apuram aumento de preços em materiais de construção na Capital

Publicados

em

Uma ação conjunta da Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Consumidor (Decon), em parceria com o Procon Municipal realizou na manhã desta terça-feira (22.09), a fiscalização em três lojas de materiais de construção com o objetivo de verificar possível prática de aumento de preços abusivos.

Durante os trabalhos foi realizada a fiscalização dos preços de produtos essenciais relacionados a obras de construção, como cimento, tijolo, ferro e que tiveram aumento de preço significativo nos últimos meses.

Conforme o delegado da Decon, Rogério Ferreira, o disparo no preço de insumos no período de pandemia, onerou a construção civil, porém a ação conjunta visa identificar eventuais pessoas e empresas que possam estar se aproveitando da situação de crise para aumentar suas margens de lucro.

“A ação é semelhando a da semana passada em que realizamos a fiscalização do aumento de preços de produtos da cesta básica. Nesse tipo de caso, em sofre são os consumidores sob a alegação de que se trata apenas de um movimento natural do mercado, ocasionado pela pandemia.”, explica o delegado.

Leia Também:  Mais 15 leitos são disponibilizados em hospital municipal de Rondonópolis

Desde o início da pandemia causada pelo coronavírus, a Polícia Civil e os Procons Municipal e Estadual estão realizando diversas ações integradas, para coibir e reprimir o aumento abusivo no preço de produtos, como o álcool em gel 70º INPM e a ivermectina, resultando na abertura de dezenas de procedimentos investigatórios preliminares e a responsabilização administrativa e criminal de empresários que tentaram se aproveitar da situação de desabastecimento.

Comentários Facebook
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

POLÍTICA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA