Cuiabá

Homem mata ex-mulher e comete suicídio em Cuiabá

Uma mulher, identificada como Vanessa Gonçalves Santana da Costa foi assassinada a tiros, enquanto trabalhava, na noite de domingo (21), no bairro CPA 4, em Cuiabá. O ex-marido da vítima chegou à lanchonete, na qual ela era funcionária, e matou a mulher. Hoje pela manhã, Elinaldo Rozende da Costa, de 33 anos, tirou a própria vida.

Consta na ocorrência do feminicídio que ele chegou alterado ao local do trabalho da ex com uma arma na cintura. Ele começou a discutir com a vítima, por ciúmes, e tirou ela pelos cabelos de dentro da empresa, levando-a para porta, momento em que deu quatro tiros em Vanessa.

Após cometer o crime, ele entrou no carro e fugiu. A Polícia Militar (PM) fez diligências, mas não encontrou o assassino.

Os dois estão separados há dois meses e tem dois filhos juntos, os quais estavam morando com a mãe.

O assassino, que era motorista da Energisa, tirou a própria vida na manhã desta segunda-feira (21).

Elinaldo se dirigiu até a subestação, no linhão do bairro Nova Conquista, deixou sua moto Honda Biz na avenida, entrou no matagal e atirou em sua cabeça.

Leia Também:  Praga, queda na produção e seca elevam preço da mandioca em 238%

Fonte: Repórter MT

Comentários Facebook

Cuiabá

Homem com várias passagens criminais é pego com droga pela equipe da Rotam

Uma equipe da Rotam prendeu na noite desta segunda-feira (21.09), um homem por tráfico de droga, no bairro Jardim Leblon, em Cuiabá.

Os militares estavam em patrulhamento pela área do estádio quando um homem em atitude suspeita foi abordado. Ele ainda tentou jogar alguns objetos, mas foi percebido pela equipe. Em seu bolso foram encontradas 12 porções de maconha e dinheiro.

Via sistema, foram localizadas várias passagens criminais em seu nome, somente por roubo foram seis registros, além de porte ilegal de arma de fogo, receptação, tráfico de droga e furto.

Comentários Facebook
Leia Também:  Homicídios em Mato Grosso reduzem 1,3%, contrariando média nacional
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

POLÍTICA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA