Destaque

Helicóptero do Ibama cai no Pantanal e mata coronel dos Bombeiros

Um helicóptero do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) caiu na região da divisa de Mato Grosso com Mato Grosso do Sul, quando atuava no combate aos incêndios florestais no Parque Nacional do Pantanal Mato-grossense. A queda, ocorrida na noite dessa segunda-feira (30), provocou a morte do comandante Mauro Tadeu da Silva Oliveira, de 54 anos. Ele estava sozinho na aeronave.

Oliveira era coronel da reserva do Corpo de Bombeiros do Pará. O Secretário de Segurança Pública de Mato Grosso, Alexandre Bustamente, determinou que o Ciopaer-MT preste apoio ao ocorrido. Uma equipe do Águia decolou para a região para auxiliar na ocorrência.

Ainda não se sabe o que provocou o acidente, que será investigado. O helicóptero é um Bell BH06 long ranger.

Segundo o Ibama, Oliveira tinha mais de 15 anos de atuação na aviação civil, com mais de 5 mil horas de voo.

Fonte: Repórter MT

Comentários Facebook
Leia Também:  Novo decreto proíbe shows e festas em MT

Destaque

Polícia recebe novas informações e checa possível paradeiro do menino Samuel

A Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) realizou nesta semana diligência para averiguar mais uma informação sobre o possível paradeiro do garoto Samuel Victor Carvalho, desaparecido desde outubro de 2019.

A partir de informações recebidas de Campo Grande (MS), a equipe da DEDM de Rondonópolis passou a apurar os fatos e solicitou apoio da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, que realizou diligências in loco para a verificação do endereço levantado.

No entanto, após a checagem, foi constatado que a informação não procedia e não se tratava do menino desaparecido em Rondonópolis.

A Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Rondonópolis informa que o inquérito policial sobre o caso continua em andamento. Nas investigações foram ouvidas diversas testemunhas sobre os fatos, incluindo vizinhos, familiares, conhecidos da igreja que a vítima frequentava, profissionais da escola onde o menor estudava.

Também foram realizadas medidas de Polícia Judiciária na tentativa de esclarecer os fatos, contudo até o presente momento não existem indícios da prática de outros crimes, portanto, a Delegacia da Mulher continua trabalhando com a hipótese de desaparecimento.

Leia Também:  Parque Escondidinho será entregue neste semestre

Todas as informações e denúncias em relação ao caso que chegam à delegacia são investigadas e checadas.

A Polícia Civil continua trabalhando no caso e conta com apoio da população com novas informações que possam auxiliar nas investigações. As denúncias podem ser feitas através do 197, ou pelo 66) 3423-1754 e através whatsapp (66) 9 9937-5462.

Comentários Facebook
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

POLÍTICA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA