Destaque

Bebê de 3 meses morre engasgado com leite em MT

Uma criança de apenas 3 meses de vida, morreu na tarde de quinta-feira (7), em Guiratinga (328 km de Cuiabá), após se engasgar com leite. A tia encontrou a sobrinha desmaiada e com dificuldade para respirar e acionou a Polícia Militar.

Como os policiais estavam próximos a casa, que fica localizada no bairro Jonas Pinheiro, eles chegaram rapidamente e prestaram os primeiros socorros.

Um dos militares pegou a criança, que já estava bem debilitada e começou a fazer as manobras de desengasgo, enquanto a levavam até o Pronto Atendimento da cidade, mas ela não resistiu e morreu antes de chegar à unidade.

Durante o atendimento, os policiais constataram que a mãe da bebê está morando em Chapada dos Guimarães (65 km da Capital) e deixando a e mesma aos cuidados da sobrinha.

A Polícia Civil e o Conselho Tutelar foram acionados.

Fonte: João Aguiar – Repórter MT | Foto: Agência Brasil

Comentários Facebook
Leia Também:  Polícia recebe novas informações e checa possível paradeiro do menino Samuel

Destaque

Polícia recebe novas informações e checa possível paradeiro do menino Samuel

A Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) realizou nesta semana diligência para averiguar mais uma informação sobre o possível paradeiro do garoto Samuel Victor Carvalho, desaparecido desde outubro de 2019.

A partir de informações recebidas de Campo Grande (MS), a equipe da DEDM de Rondonópolis passou a apurar os fatos e solicitou apoio da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, que realizou diligências in loco para a verificação do endereço levantado.

No entanto, após a checagem, foi constatado que a informação não procedia e não se tratava do menino desaparecido em Rondonópolis.

A Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Rondonópolis informa que o inquérito policial sobre o caso continua em andamento. Nas investigações foram ouvidas diversas testemunhas sobre os fatos, incluindo vizinhos, familiares, conhecidos da igreja que a vítima frequentava, profissionais da escola onde o menor estudava.

Também foram realizadas medidas de Polícia Judiciária na tentativa de esclarecer os fatos, contudo até o presente momento não existem indícios da prática de outros crimes, portanto, a Delegacia da Mulher continua trabalhando com a hipótese de desaparecimento.

Leia Também:  Thiago Silva comemora assinatura de convênio de mais de R$ 40 milhões para a educação

Todas as informações e denúncias em relação ao caso que chegam à delegacia são investigadas e checadas.

A Polícia Civil continua trabalhando no caso e conta com apoio da população com novas informações que possam auxiliar nas investigações. As denúncias podem ser feitas através do 197, ou pelo 66) 3423-1754 e através whatsapp (66) 9 9937-5462.

Comentários Facebook
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

POLÍTICA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA