Destaque

Com som alto e por perturbação, mulher é conduzida à delegacia

Uma equipe da 7ª Companhia de Jaciara (a 144 km de Cuiabá) encaminhou à delegacia, na madrugada deste domingo (10.01), uma mulher por perturbação do trabalho e do sossego alheio, na área central da cidade.

A residência da suspeita é ao lado companhia da PM, onde também são atendidas as chamadas do 190. Na ocasião, era realizada uma festa de aniversário e devido ao som muito alto, atrapalhava o atendimento. Já de madrugada, além do som iniciaram as gritarias e algazarras.

Os policiais tentaram por diversas vezes contato com a moradora. Devido à situação, os policiais entraram na casa e foram recebidos pela proprietária. Ela foi informada que estava atrapalhando o serviço da unidade policial e orientada a desligar o som.

A mulher se exaltou e como não houve conciliação, os militares apreenderam a caixa de som e a levaram à delegacia.

Comentários Facebook
Leia Também:  Drogas são tiradas de circulação em Cuiabá, Barra do Bugres e Tangará da Serra

Destaque

Polícia recebe novas informações e checa possível paradeiro do menino Samuel

A Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) realizou nesta semana diligência para averiguar mais uma informação sobre o possível paradeiro do garoto Samuel Victor Carvalho, desaparecido desde outubro de 2019.

A partir de informações recebidas de Campo Grande (MS), a equipe da DEDM de Rondonópolis passou a apurar os fatos e solicitou apoio da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, que realizou diligências in loco para a verificação do endereço levantado.

No entanto, após a checagem, foi constatado que a informação não procedia e não se tratava do menino desaparecido em Rondonópolis.

A Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Rondonópolis informa que o inquérito policial sobre o caso continua em andamento. Nas investigações foram ouvidas diversas testemunhas sobre os fatos, incluindo vizinhos, familiares, conhecidos da igreja que a vítima frequentava, profissionais da escola onde o menor estudava.

Também foram realizadas medidas de Polícia Judiciária na tentativa de esclarecer os fatos, contudo até o presente momento não existem indícios da prática de outros crimes, portanto, a Delegacia da Mulher continua trabalhando com a hipótese de desaparecimento.

Leia Também:  Policiais cumprem mandado de busca e apreensão e encontram armas e 207 munições

Todas as informações e denúncias em relação ao caso que chegam à delegacia são investigadas e checadas.

A Polícia Civil continua trabalhando no caso e conta com apoio da população com novas informações que possam auxiliar nas investigações. As denúncias podem ser feitas através do 197, ou pelo 66) 3423-1754 e através whatsapp (66) 9 9937-5462.

Comentários Facebook
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

POLÍTICA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA