Política Cuiabá

Dr. Xavier exige que UPA do Verdão seja inaugurada com 100% da estrutura prevista

Parlamentar salienta que esta inauguração não pode se prender apenas a um ato meramente comemorativo aos 300 Anos de Cuiabá, sendo aberta aos munícipes com pendências impeditivas na parte clínica e mesmo administrativa. “O que aconteceu com o novo Pronto Socorro de Cuiabá não pode se repetir nesta UPA”, observou
O vereador Dr. Xavier formalizou hoje (5), no Legislativo, convite para que o secretário de Saúde do município, Luiz Antônio Possas de Carvalho, exponha em plenário qual é o Plano de Ação da Prefeitura em relação à inauguração da Unidade de Pronto Atendimento do Verdão. Segundo a atual gestão tem anunciado, a entrega desta UPA à população está integrada às solenidades alusivas aos 300 Anos de Cuiabá. Dr. Xavier questiona em quais condições ela será inaugurada.
“Nossa preocupação se prende a diversos fatores: se esta UPA, por ocasião da data prevista de inauguração (dia 08.04), estará 100% finalizada, sem pendências de nenhuma espécie. Refiro-me não apenas ao mobiliário e aos equipamentos administrativos e clínicos, mas também aos setores elétrico e hidráulico. Ou seja: pronta para funcionar e atender efetivamente os munícipes”.
A empresa responsável pelas obras da UPA faliu quando a parte física da obra estava quase finalizada, em torno de 94%, gerando a paralisação dos serviços. “Os 6% restantes significam muita coisa, e é aí que acentuamos nossa preocupação: o município não pode simplesmente inaugurar uma obra para cumprir agenda, mas, sim, para resolver pendências na Saúde”.
Dr. Xavier também irá cobrar do secretário de Saúde a conclusão das obras de reforma e ampliação do Centro de Saúde do Novo Terceiro e do PSF do Jardim Independência. “No Novo Terceiro, a situação é a mesma da UPA: falência da empresa que tocava o empreendimento. Fomos à Secretaria de Saúde e a diretoria afirmou que elas seriam retomadas no início de 2019, já com prazo de finalização. Mesmo argumento utilizado para o PSF do Jardim Independência, cuja demora de reinauguração tem sido motivo de revolta da comunidade. Já levamos o diretor da Saúde até lá várias vezes, oportunidade em que explanou a retomada dos serviços e estipulou data de entrega do PSF reformado. Porém, até agora, nada aconteceu, na prática”.
João Carlos de Queiroz – Assessoria de Gabinete – Vereador Dr. Xavier

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook

Política Cuiabá

CCJR analisa novos projetos nesta quarta

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Câmara Municipal de Cuiabá fará mais uma reunião remota na manhã desta quarta-feira (22), a partir das 10h30, para analisar nove projetos de lei de autoria dos próprios parlamentares.

A comissão é presidida pelo vereador Lilo Pinheiro (PDT), tendo como vice-presidente Juca do Guaraná Filho (MDB) e Wilson Kero Kero (Podemos) como membro.

Dentre a pauta, consta o projeto de lei de autoria do vereador Misael Galvão (PTB), presidente do legislativo cuiabano, que apresenta um substitutivo ao processo legislativo nº 1.136/2019 em tramitação na Casa de Leis. O processo em destaque dispõe sobre a classificação de atividades de baixo risco para o desenvolvimento de atividade econômica no município de Cuiabá, em consonância com a Lei Federal que institui a declaração de direitos e liberdade econômica.

Outro projeto que será analisado pela CCJR é o projeto de lei de autoria do vereador Marcelo Bussiki (DEM) que dispõe sobre a isenção das taxas de concursos públicos e processos seletivos municipais aos prestadores de serviço voluntário e dá outras providências.

Será analisado ainda o projeto que torna obrigatório a instalação de dispositivos de sinalização com tradução para dois idiomas em órgãos e prédios da administração municipal, de autoria do vereador Adilson Levante (PSB).

Jean Estevan / Câmara Municipal de Cuiabá

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA