Destaque

Sema apreende 29,3 kg de pescado irregular e armas no Rio Itiquira

Fiscais da Secretaria de Estado de meio Ambiente (Sema-MT) apreenderam 29,3 kg de pescado irregular, uma espingarda calibre 32, um revólver calibre 22 e 85 munições intactas calibre 22, em Itiquira (357 km ao sul da Capital). A Operação foi realizada em parceria com policiais da 2° Companhia Ambiental Sul de Rondonópolis.

A captura do pescado foi realizada na sexta-feira (22) no Rio Itiquira. A espécie apreendida é de pacu e os exemplares confiscados estavam fora da medida permitida por lei e em quantidade acima do permitido. Os três infratores foram conduzidos para delegacia de Polícia Civil judiciária de Rondonópolis.

Os pescados apreendidos foram encaminhados para delegacia, que ficou responsável pela doação. Os infratores receberam multa de R$ 10,5 mil e devem responder por crime ambiental, pesca depredatória e porte ilegal de arma de fogo.

Regras da pesca

Embora esteja fora do período de defeso da piracema estadual, os pescadores profissionais e amadores precisam seguir algumas regras determinadas pela Lei Estadual nº 9.096/2009, que estabelece a proibição para uso de apetrechos de pesca como: tarrafa, rede, espinhel, cercado, covo, pari, fisga, gancho, garateia pelo processo de lambada, substâncias explosivas ou tóxicas, equipamento sonoro, elétrico ou luminoso. As medidas mínimas dos peixes constam na carteira de pesca do Estado e algumas delas são: piraputanga (30 cm), curimbatá e piavuçu (38 cm), pacu (45 cm), barbado (60 cm), cachara (80 cm), pintado (85 cm) e jaú (95 cm).

Leia Também:  Trabalhadores nascidos em novembro podem sacar o auxílio emergencial

Denúncias

O cidadão pode denunciar a pesca depredatória e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838/ou via WhatsApp no (65) 99281-4144. Outros telefones para informações e denúncias: (65) 3613-7394 (Setor Pesca), nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.

Comentários Facebook

Destaque

Policiais destemidos praticam atos extraordinários para salvar vidas em MT

Dois sargentos destemidos da Polícia Militar praticaram atos extraordinários de coragem para salvar e proteger vidas, nas cidades de Várzea Grande e Tangará da Serra, no último mês de abril. O sargento PM Valdiney Pacheco encarou o Rio Cuiabá para resgatar uma mulher que havia se jogado da ponte Mário Andreazza. No interior, o sargento Welinton Fabiano Da Silva, praticante de jiu-jitsu, conseguiu utilizar as artes marciais para imobilizar e desarmar com segurança um homem em surto psicológico.

O sargento PM Valdiney Pacheco é policial militar e atua no Centro Integrado de Operações Áreas (Ciopaer). Ele conta que naquele dia, 28 de abril, o resgate da mulher era algo desafiador. Mesmo preparado, o militar relata que se atirar do helicóptero Águia 03 e enfrentar a correnteza do Rio Cuiabá não é algo corriqueiro em sua rotina.

Para salvar a mulher, Pacheco utilizou um equipamento chamado lifebelt – de resgate de afogamento, se preparou e, após uma manobra da aeronave para chegar mais próximo da vítima, se jogou na água e alcançou a mulher. O militar conta que a vítima não reagiu e colaborou com o resgate imbuído pela coragem do sargento e de toda a equipe da aeronave.

Leia Também:  Mato Grosso registra 379.928 casos e 10.327 óbitos por Covid-19

Dois dias após o resgate em Várzea Grande, no dia 30 de abril, o policial militar do 19 º Batalhão, sargento Welinton Fabiano Da Silva, surpreendeu a todos com seu preparo e coragem, ao imobilizar um homem em surto psicológico, no bairro Vila Esmeralda, em Tangará da Serra.

Pessoas que acompanhavam o atendimento de rotina da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ( Samu) registraram por meio de fotos e vídeos o golpe de jiu- jitsu, aplicado pelo militar para desarmar e conter o paciente que colocava a vida dele e dos atendentes do Samu em risco.

O vídeo da ação do sargento viralizou nas redes sociais após mostrar o preparo técnico do policial para deter sem utilização de meios não letais e até letais, o paciente que precisava de ajuda médica.

O relato dos policiais militares e análises de especialistas sobre as duas ocorrências atendidas pelos dois heróis de farda estão disponíveis no 12º episódio do PMCAST, o podcast oficial da Polícia Militar de Mato Grosso.

Leia Também:  Homem é pego vendendo droga em ponto de espetinho

Quer saber mais ?

Acesse o link deste episódio inédito e exclusivo do PMCAST nas plataformas de áudio:

Spotify https://spoti.fi/3bnbY2j

Deezer https://bit.ly/2RblvTn

Google https://bit.ly/3hsJ2cP

Anchor https://bit.ly/33N9bv7

PMMT https://bit.ly/2RSnNXt

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA