Destaque 2

Sete armas de fogo tiradas de circulação na capital e mais cinco cidades do interior

Policiais militares tiraram de circulação na sexta-feira e sábado (31.07 e 01.08), sete armas de fogo e 89 munições. Seis homens foram detidos, sendo dois deles por agressão e ameaça.

Em Barra do Garças, a equipe do 2º Batalhão prendeu um homem e apreendeu uma pistola .40. O suspeito tinha ameaçado outro homem e tentou intimidar a vítima apontando a arma em sua direção. A pistola estava com registro de roubo e pertencia a PM do estado de Goiás.

Em Campo Novo do Parecis, no bairro Nossa Senhora Aparecida, os agentes da 16ª Companhia atendiam uma ocorrência de violência doméstica. A vítima, uma mulher, tinha sido agredida e ameaçada pelo marido. Durante o procedimento, os policiais apreenderam uma pistola 380, com 13 munições intactas e uma espingarda calibre 12, com 14 munições intactas e prenderam o agressor.

Na área central da capital, a equipe da Rotam realizava patrulhamento pela Avenida Getulio Vargas quando na abordagem do motorista de um VW Gol branco, encontrou cinco munições de calibre 6.35. Questionado, o homem levou os agentes até sua casa, onde foi apreendida uma pistola, com oito munições intactas. Via sistema, os militares encontraram três ocorrências vinculadas ao veículo, sendo uma por roubo.

Leia Também:  Assaltante de banco morre em confronto com policiais em MT

Em Nova Bandeirantes, os policiais encontraram um revólver calibre 38, com seis munições quando pararam o motorista de um GM Prisma preto. O senhor confirmou não tem registro e nem porte da arma.

Em Rondolândia, a equipe de Força Tática realizava um procedimento de rotina quando encontraram dentro de uma caminhonete Hilux uma pistola 380, com três carregadores e 28 munições. O dono da arma alegou que tinha documentação da arma, mas não o porte.

Em Itiquira, no Distrito de Ouro Branco do Sul, os militares do 5º BPM encontraram na casa de um homem uma espingarda calibre 36, com 13 munições. Os policiais estavam na busca do suspeito que teria vendido um veículo com queixa de furto.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Leia Também:  Sete em cada dez empreendedores fizeram vendas online na pandemia

Comentários Facebook

Destaque

Policiais destemidos praticam atos extraordinários para salvar vidas em MT

Dois sargentos destemidos da Polícia Militar praticaram atos extraordinários de coragem para salvar e proteger vidas, nas cidades de Várzea Grande e Tangará da Serra, no último mês de abril. O sargento PM Valdiney Pacheco encarou o Rio Cuiabá para resgatar uma mulher que havia se jogado da ponte Mário Andreazza. No interior, o sargento Welinton Fabiano Da Silva, praticante de jiu-jitsu, conseguiu utilizar as artes marciais para imobilizar e desarmar com segurança um homem em surto psicológico.

O sargento PM Valdiney Pacheco é policial militar e atua no Centro Integrado de Operações Áreas (Ciopaer). Ele conta que naquele dia, 28 de abril, o resgate da mulher era algo desafiador. Mesmo preparado, o militar relata que se atirar do helicóptero Águia 03 e enfrentar a correnteza do Rio Cuiabá não é algo corriqueiro em sua rotina.

Para salvar a mulher, Pacheco utilizou um equipamento chamado lifebelt – de resgate de afogamento, se preparou e, após uma manobra da aeronave para chegar mais próximo da vítima, se jogou na água e alcançou a mulher. O militar conta que a vítima não reagiu e colaborou com o resgate imbuído pela coragem do sargento e de toda a equipe da aeronave.

Leia Também:  Mato Grosso registra 380.948 casos e 10.359 óbitos por Covid-19

Dois dias após o resgate em Várzea Grande, no dia 30 de abril, o policial militar do 19 º Batalhão, sargento Welinton Fabiano Da Silva, surpreendeu a todos com seu preparo e coragem, ao imobilizar um homem em surto psicológico, no bairro Vila Esmeralda, em Tangará da Serra.

Pessoas que acompanhavam o atendimento de rotina da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ( Samu) registraram por meio de fotos e vídeos o golpe de jiu- jitsu, aplicado pelo militar para desarmar e conter o paciente que colocava a vida dele e dos atendentes do Samu em risco.

O vídeo da ação do sargento viralizou nas redes sociais após mostrar o preparo técnico do policial para deter sem utilização de meios não letais e até letais, o paciente que precisava de ajuda médica.

O relato dos policiais militares e análises de especialistas sobre as duas ocorrências atendidas pelos dois heróis de farda estão disponíveis no 12º episódio do PMCAST, o podcast oficial da Polícia Militar de Mato Grosso.

Leia Também:  Prefeitura inicia vacinação para quem tem 30 anos com comorbidades

Quer saber mais ?

Acesse o link deste episódio inédito e exclusivo do PMCAST nas plataformas de áudio:

Spotify https://spoti.fi/3bnbY2j

Deezer https://bit.ly/2RblvTn

Google https://bit.ly/3hsJ2cP

Anchor https://bit.ly/33N9bv7

PMMT https://bit.ly/2RSnNXt

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA