Brasil

Não conseguiu justificar a ausência na votação? Saiba o que fazer

Eleitores que não puderam votar no primeiro turno das eleições municipais neste domingo (15) têm até 60 dias para justificar a ausência junto à Justiça Eleitoral. O procedimento pode ser feito pessoalmente ou pela internet.

Quem preferir fazer pela internet, as opções são o Sistema Justifica, com acesso via página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou o aplicativo e-Título, que pode ser baixado gratuitamente para as plataformas Android e iOS.

Por causa do grande número de acessos ontem (15), a plataforma apresentou instabilidades ao longo do dia e muitos eleitores não conseguiram utilizá-la para enviar a justificativa.

Os eleitores que não quiserem usar a internet podem preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral (pós-eleição), disponível no site do TSE, e entregar em qualquer zona eleitoral ou enviar pelos Correios ao juiz da zona eleitoral na qual for inscrito.

Exterior

Os eleitores que estavam no exterior no dia da votação também podem justificar a ausência pelo e-Título, pelo Sistema Justifica ou pelo envio de correspondência ao juiz eleitoral. O prazo é de 60 dias. Segundo o TSE, a justificativa também pode ser apresentada no período de 30 dias corridos da data de retorno ao Brasil. Os eleitores que estiverem inscritos em uma zona eleitoral do exterior não precisam justificar a ausência em pleitos municipais. O procedimento só deve ser feito em eleições presidenciais.

Leia Também:  IBGE prevê safra recorde de 264,5 milhões de toneladas para 2021

Quem estiver em débito com a Justiça Eleitoral, entre outras sanções, fica impedido de tirar carteira de identidade, passaporte, de participar de concurso público ou de assumir cargo público.

Comentários Facebook

Brasil

MC Kevin morre aos 23 anos após cair do 11º andar de hotel

O funkeiro MC Kevin morreu aos 23 anos na noite deste domingo (16), após sofrer um grave acidente. Ele caiu da varanda do 11º andar de um hotel localizado na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, e precisou ser levado às pressas para o hospital Miguel Couto, na Gávea.

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio confirmou a entrada de Kevin no hospital e informou que seu estado de saúde era muito grave. Alguns minutos depois, trouxe a notícia de que o funkeiro não havia resistido aos ferimentos.

“Infelizmente, o paciente Kevin Bueno não resistiu e faleceu”, dizia a nota, enviada pela Secretaria ao UOL.

Angelo Canuto, amigo de Kevin, chegou a conversar com a reportagem e disse que, ao lado da família do cantor, pegaria um voo de São Paulo para o Rio para entender melhor tudo que aconteceu.

Na noite de ontem, MC Kevin se apresentou em uma balada do Rio. Ele visitava a cidade acompanhado da mulher, Deolane Bezerra. Eles se casaram em abril, no México.

Leia Também:  Cinco motoristas são presos por embriaguez ao volante em blitz da Lei Seca

Fonte: UOL

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA