Destaque

Procon divulga tabela com diferença de preços praticados pelos mercados de Rondonópolis

Os consumidores rondonopolitanos estão ganhando uma ajuda na hora de comparar os preços praticados na cidade. Essa semana, a Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor de Rondonópolis (Procon) divulgou o resultado da pesquisa de preço com itens de supermercado e encontrou produtos com variação de até 180%.

O levantamento realizado pela equipe de fiscalização do Procon ouviu oito estabelecimentos da cidade entre os dias 28 de abril e 7 de maio. Além de auxiliar e apresentar para os consumidores os preços dos mais diversos itens e os locais que foram feitos os levantamentos, a pesquisa serve de parâmetro para saber se estão sendo cobrados preços abusivos, principalmente com a prerrogativa do momento de pandemia.

Dentro os 35 produtos avaliados na pesquisa, o litro de desinfetante foi o item que apresentou maior variação de preço, 180%, com preço maior verificado R$ 6,99 e o menor R$ 2,49, sendo de marcas diferentes. O segundo produto com maior variação vem do setor de hortifruti, o tomate. Esse item apresentou variação de 159,48% de um estabelecimento para outro, chegando a custar R$ 6,98 o quilo.

Leia Também:  Operação registra 55 infrações e uma pessoa presa por embriaguez ao volante

Itens da cesta básica como o arroz e o feijão apresentaram a mesma variação entre os mercados avaliados que foi de 36%. O pacote de cinco quilos de arroz estava sendo vendido a R$ 17,49, mais barato, e o preço mais caro encontrado foi R$ 23,89. O pacote de um quilo do feijão do tipo carioca variou entre R$ 5,49 e R$ 7,49. Os dois produtos foram os que apresentaram menor diferença de preço entre marcas e mercados avaliados.

O litro do óleo de soja, outro produto da cesta básica do brasileiro, foi o que apresentou uma das menores variações de preço, 28,47%. O produto com menor diferença entre os estabelecimentos pesquisados foi o ovo branco com 26,51%.

O consumidor que encontrar preços que considerar abusivos pode entrar em contato com o Procon pelos telefones 3411-5295 / 5296 ou por mensagem via whatsapp pelo número 98438-2460.

Confira íntegra da tabela.

Fonte: Rafael Vicentini – Gabinete de Comunicação

Comentários Facebook

Destaque

Mulher flagra filha sofrendo estupro e esfaqueia pedófilo

Uma pré-adolescente de 12 anos, nome não divulgado, foi rendida com uma faca no pescoço e sofreu tentativa de estupro na manhã deste sábado (19) na Rua Tupã, Bairro Cidade Nova, em Lucas do Rio Verde (334 km da Capital).

A pré-adolescente teria tido uma crise de choro e a mãe dela flagrado o crime, momento em que se armou com uma faca, partiu para cima do estuprador, atingiu a mão do acusado e salvou a filha.

O pedófilo correu e conseguiu escapar.

Os pais da menina acionaram a Polícia Militar (PM) e relataram o fato descrevendo o acusado.

A guarnição saiu em patrulhamento pela região, mas até a publicação desta reportagem o estuprador ainda não tinha sido encontrado.

Os pais da vítima foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil e registraram ocorrência por crime de tentativa de estupro de vulnerável.

O caso segue em investigação e o acusado procurado pela polícia.

Fonte: Mário Andreazza – Repórter MT

Comentários Facebook
Leia Também:  Aneel prorroga proibição de corte de luz por inadimplência
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA