CUIABÁ

Abertas as inscrições de cursos gratuitos para jovens de 16 a 25 anos

O Governo de Mato Grosso firmou uma parceria com a Solar Coca-Cola, segunda maior fabricante do Sistema Coca-Cola no Brasil, para a capacitação de jovens das cidades de Cuiabá e Várzea Grande para o ingresso no mercado de trabalho. Ao todo, estão sendo disponibilizadas 500 vagas para o Coletivo Online, programa de empregabilidade 100% digital do Instituto Coca-Cola.

As inscrições seguem até o dia 7 de novembro, de forma gratuita. Para se inscrever e obter mais informações, os interessados devem acessar o site oficial: https://bit.ly/SolarMT20214.

Para se candidatar, os interessados precisam ter idade entre 16 e 25 anos e estar cursando ou já ter concluído o Ensino Médio. A capacitação ocorre em ambiente 100% digital, pelo aplicativo Whatsapp, e tem duração de seis semanas. Durante o ciclo de capacitação, os participantes terão acesso a aulas de planejamento financeiro, plano de vida, elaboração e construção de currículo e preparação para processos seletivos.

Após conclusão da qualificação, os alunos que cumprirem a carga horária mínima exigida, receberão certificado de participação e serão direcionados para o cadastro no banco de vagas dentro da comunidade exclusiva do Coletivo. A partir daí, eles estão aptos a concorrerem as vagas disponibilizadas por uma rede de 400 parceiros empregadores.

Leia Também:  Brasileiros devem redobrar cuidados no verão contra câncer de pele

A iniciativa é fruto de uma ação conjunta entre a Solar Coca-Cola, a Unidade de Ações Sociais e Atenção à Família (UNAF), representada pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, e as secretarias de Desenvolvimento Econômico (Sedec-MT) e de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

“Estamos nos unindo para oferecer essa capacitação aos jovens da grande Cuiabá, dando condições para que se preparem para o mercado de trabalho. Inicialmente, serão 500 novos trabalhadores aptos, mas já estamos estudando a possibilidade de ampliar esse número com novas turmas para 2022”, esclarece o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda.

O gerente de Relações Externas da Solar Coca-Cola, Arthur Ferraz, ressalta que a companhia tem ampliado as ações em prol da empregabilidade de jovens no território de atuação da Solar. “Temos ampliado nossas ações em prol da empregabilidade de jovens no território de atuação da Solar. Para isso, temos contado com a parcerias de entidades governamentais e empresas na articulação de estratégias que possibilitem o suporte necessário para a preparação e empregabilidade desses jovens”, ressalta Arthur.

Leia Também:  Polícia prende 3 membros de uma família que comandavam ponto de venda de drogas em Rondonópolis

Sobre o Coletivo Online

O Coletivo já impactou mais de 100 mil jovens somente nos estados que compõem o território de atuação da Solar Coca-Cola (9 estados do Nordeste e Mato Grosso). Destes, cerca de 30 mil ingressaram formalmente no mercado de trabalho nos últimos anos. Só em 2021, cerca de 10 mil alunos se formaram via Coletivo no território da Solar, dos quais, três mil já ingressaram no mercado de trabalho.

Comentários Facebook

Cuiabá

Cinco estelionatárias que aplicaram golpes em Goiás são presas em MT

Cinco mulheres, moradoras de Cuiabá, e investigadas pela Polícia Civil de Goiás por golpes de estelionato que causaram prejuízo às vítimas de mais de R$ 308 mil foram presas pela Polícia Civil de Mato Grosso.

As suspeitas foram presas pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), em apoio à Polícia Civil goiana, na última semana, em cumprimento a mandados de prisão. A ação faz parte da operação “Canto das Sereias”.

As golpistas estavam com as prisões temporárias decretadas, após investigação conduzida pelo Grupo de Repressão a Estelionatos e Outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais.

Conforme apuração, as mulheres vinham praticando a fraude, popularmente conhecida como “golpe do intermediário” ou “falso intermediário”, um dos crimes de estelionato mais comuns na compra e venda de veículos.

Os criminosos utilizam propagandas de terceiros para negociar automóveis usados ou seminovos. Os verdadeiros anúncios são clonados e os golpistas acabam recebendo o pagamento do comprador interessado no veículo.

Em um dos casos investigados, a vítima, moradora da cidade de Goiânia, foi induzida a erro. Acreditando que estava adquirindo uma caminhonete de luxo, efetuou o depósito do valor de R$ 160 mil para o golpista.

Leia Também:  Estudante morre afogado em cachoeira durante passeio de escola

Uma outra vítima, de Rio Verde, também foi induzida a erro com os mesmos modus operandi. Achando que estava comprando uma camionete de alto padrão depositou a quantia de R$ 138 mil. Já a terceira ocorrência registrada e apurada pela Polícia Civil foi de uma vítima de Crixás, que fez a transferência do valor de R$ 10 mil.

Diante dos fatos, foi solicitado apoio da DRE, que cumpriu as prisões contra as cinco mulheres presas em Cuiabá.

O delegado do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes, Olemar Miranda Santiago, agradeceu o apoio da Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da equipe da DRE que não mediu esforços para prender as suspeitas, culminando no fechamento desta etapa da operação Canto de Sereias.

Ainda segundo o delegado de Goiás, as investigações continuarão para a identificação de outros possíveis envolvidos.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA