Cuiabá

Ações de conscientização para o combate à hanseníase são intensificadas nas unidades de saúde

Na área da saúde, o primeiro mês do ano é conhecido como “Janeiro Roxo”, pois é a época destinada à conscientização e combate à hanseníase em todo o país. Em Cuiabá, a Secretaria Municipal de Saúde tem realizado ações para reforçar a disseminação das informações sobre a doença, com o objetivo de diminuir sua incidência no município.

De acordo com o técnico do Programa Municipal de Combate à Hanseníase, Cícero Fraga, quando não diagnosticada, a doença pode causar alterações corporais e incapacidades permanentes, repercutindo na autoestima e identidade do portador, uma vez que, em estágio avançado a enfermidade pode causar deformidades no corpo.

Fraga explica que as unidades básicas de saúde estão realizando avaliações de contato para pacientes que já têm a doença diagnosticada. “Quando uma pessoa é diagnosticada com hanseníase, é preciso que a família também seja avaliada, que é o que chamamos de avaliação de contato. Para ser infectado, é necessário um longo período de exposição à bactéria, por isso a necessidade de se investigar a fonte transmissora da doença, para que ela também seja tratada e não volte a transmiti-la”, explicou.  

Leia Também:  Sine Municipal disponibiliza 484 vagas de emprego nesta segunda-feira (08)

No dia 25 de janeiro os PSFs Pedregal I e II farão o “Dia D” de combate à Hanseníase, onde serão realizados exames físicos com avaliação de manchas para todos os usuários da unidade que desejarem. Os PSFs Santa Isabel I e Santa Isabel II também farão o “Dia D” no dia 25, com uma palestra educativa, de conscientização da população acerca da doença e avaliação de manchas. No PSF Renascer o “Dia D” será em 2 de fevereiro.

 

Sintomas

Os sinais e sintomas mais frequentes da hanseníase são:

·         Manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas, em qualquer parte do corpo, com perda ou alteração de sensibilidade térmica (ao calor e frio), tátil (ao tato) e à dor, que podem estar principalmente nas extremidades das mãos e dos pés, na face, nas orelhas, no tronco, nas nádegas e nas pernas.

·         Áreas com diminuição dos pelos e do suor.

·         Dor e sensação de choque, formigamento, fisgadas e agulhadas ao longo dos nervos dos braços e das pernas.

Leia Também:  É o Bicho MT realiza feira de adoção de animais neste sábado (13)

·         Inchaço de mãos e pés.

·         Diminuição sensibilidade e/ou da força muscular da face, mãos e pés, devido à inflamação de nervos, que nesses casos podem estar engrossados e doloridos.

·         Úlceras de pernas e pés.

·         Caroços (nódulos) no corpo, em alguns casos avermelhados e dolorosos.

·         Febre, edemas e dor nas juntas.

·         Entupimento, sangramento, ferida e ressecamento do nariz.

·         Ressecamento nos olhos.

 

Comentários Facebook

Cuiabá

É o Bicho MT realiza feira de adoção de animais neste sábado (13)

A Associação É o Bicho MT realiza no próximo sábado (13.08), em parceria com protetores independentes de Cuiabá e Várzea Grande, uma feira de adoção de cães e gatos. Ao todo são cerca de 20 animais em busca de um lar, a maioria já vacinados, vermifugados e castrados.

O evento será realizado no Piso G1 do Shopping Estação Cuiabá, das 11h às 16h. São animais muito dóceis, bem cuidados e cheios de amor para dar, aguardando a chance de ter uma família e um lar com muito amor e respeito.

Além da feira de adoção, o É o Bicho MT venderá seus produtos como camisetas, bonés, cadernos e quadros, cujo valor arrecadado será destinado às ações da associação e para a compra de ração para cachorros e gatos.

O É o Bicho MT é uma associação sem fins lucrativos formada por protetores, voluntários, defensores e simpatizantes da causa animal de Cuiabá e região, que desde 2015 busca amparar, na medida do possível, os animais de rua que vivem em situações rotineiras de maus tratos, apoiando as organizações e protetores independentes.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre mandados contra grupo envolvido em execução de empresário

Segundo a voluntária do É o Bicho MT e coordenadora da feira, Isabel Cristina da Silva, essa é a terceira feira que a associação realiza este ano. “A ideia é apoiar os protetores independentes para que consigam adoção dos animais. Muitos deles estão lotados e passando por dificuldades financeiras, já que cuidam desses bichinhos sem auxílio externo. Nas duas primeiras edições tivemos a alegria de doar todos os animais e para essa edição, nossa expectativa é muito boa pois sabemos da grande circulação de pessoas no Shopping Estação Cuiabá”, explica Isabel.

“Todos serão bem-vindos ao Shopping para o Estação Pet. Apoiar eventos como este é a nossa forma de ajudar e incentivar a adoção responsável de animais”, afirma a Gerente de Marketing do Shopping Estação Cuiabá, Laíza Carvalho.

A feira de adoção tem a parceria da Cobasi e do Shopping Estação Cuiabá.

Serviço:

Feira de Adoção Estação Pet: neste sábado (13) das 11h às 16h.

Local: Shopping Estação Cuiabá – Piso G1

Necessário levar um documento com foto.

Leia Também:  É o Bicho MT realiza feira de adoção de animais neste sábado (13)

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA