Mato Grosso

Cervejaria gaúcha pretende construir fábrica em MT; investimentos superam R$ 50 mi

Representantes da Cervejaria Gaúcha Sud anunciaram, nesta terça-feira (29), o interesse em construir uma fábrica na região metropolitana, nos municípios de Cuiabá ou Várzea Grande. O empreendimento deve gerar cerca de 110 empregos diretos e outras 250 indiretos, quando estiver em operação.

Em uma reunião realizada na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), o empresário Volmir Roberto Gava falou em nome da Sud e assegurou que os investimentos serão superiores a R$ 50 milhões. A expectativa é concluir construção e já começar a operar até o final deste ano.

No Estado, conforme o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), há 13 cervejarias instaladas. O titular da Sedec, César Miranda, explica que o governo estadual está acompanhando o crescimento do setor e pretende tornar Mato Grosso atrativo para instalação de novas plantas.

“É evidente que está acontecendo uma evolução do mercado, levando em consideração os dados nacionais que apontam para o nascimento de uma nova cervejaria a cada 2 dias no Brasil”, argumentou.

Dados do Anuário da Cerveja 2018 serviram como base da afirmação. O documento mostra que 889 indústrias de cerveja estão em solo brasileiro, das quais 210 foram abertas em 2018.

Leia Também:  Assaí tem 170 vagas de emprego em Rondonópolis, Cuiabá, Várzea Grande e Sinop

Comentários Facebook

Destaque

Senar-MT lança mais dois cursos que qualificam profissionais para atuar no setor de máquinas agrícolas

Já estão disponíveis no portfólio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) mais dois cursos. O objetivo destes dois novos produtos é qualificar pessoas que vão atuar no setor de máquinas e implementos agrícolas. Aplicação de sólidos utilizando distribuidor autopropelido e Operação de escavadeira hidráulica são os dois novos cursos. Além destes, a instituição oferece mais de 350 outros cursos para capacitar e qualificar o homem do campo.

O Aplicação de sólidos utilizando distribuidor Autopropelido será numa modalidade híbrida e a carga horária será de 24 horas, distribuída em dois módulos – 16 horas de conteúdo EaD e 08 horas presencial.

Este treinamento surgiu em função da necessidade de aprimorar os conhecimentos dos profissionais que já atuam na atividade de operação de máquinas agrícolas. O objetivo é aplicar mais essa tecnologia que é a de aplicar sólidos utilizando o autopropelido.

O conteúdo programático inclui assuntos como:

– Fertilizantes e corretivos com distribuidor autopropelido

– Aspectos legais e de segurança na aplicação de fertilizantes e corretivos

– Aplicação de corretivos e fertilizantes com distribuidor autopropelido

– A agricultura de precisão na distribuição de fertilizantes e corretivos

Leia Também:  Caminhonete furtada em Mato Grosso é recuperada pela PM em Rondônia

– Barra de luzes e o piloto automático na agricultura de precisão

– Distribuidor de corretivos e fertilizantes autopropelido

– Cabine do distribuidor

– Parâmetros da aplicação de corretivos e fertilizantes

– Revisão dos componentes do distribuidor de corretivos e fertilizantes do distribuidor

– Configuração do distribuidor conforme o produto a ser aplicado

– Regulagens e calibrações do distribuidor

– Aplicação do produto

Já a Operação de escavadeira hidráulica é presencial com carga horária de 40 horas. O objetivo é que o participante aprenda a operar a escavadeira hidráulica de acordo com a recomendação do manual do operador. É importante destacar que a escavadeira é uma máquina de grande utilidade para o setor rural e da construção civil e para ser manuseada precisa de profissionais qualificados. O curso capacitará o operador a exercer o trabalho com eficácia e respeito às Normas de Segurança.

Conteúdo programático inclui assuntos como:

– Legislação

– Normas regulamentadoras da atividade

– Saúde e Segurança do Trabalho

– Conceito e histórico da escavadeira hidráulica

– Configuração de uma escavadeira: carro superior e inferior

– Utilização dos implementos de escavadeira hidráulica

Leia Também:  Senar-MT lança mais dois cursos que qualificam profissionais para atuar no setor de máquinas agrícolas

– Importância da cabine do operador

– Verificação dos níveis dos sistemas

– Componentes da escavadeira hidráulica

– Deslocamento operacional da escavadeira hidráulica;

– Operação de escavação

– Movimentação de carga

Crédito: Aline Lima

Colheita de Talentos – Após concluir os cursos do Senar-MT, os participantes têm seus currículos cadastrados no Colheita de Talentos, que é plataforma do Senar-MT que tem como objetivo aproximar as empresas do agro e produtores rurais interessados em contratar profissionais qualificados e as pessoas qualificadas pelo Senar-MT.

Parcerias – para realizar as aulas práticas nos Centros de Treinamentos do Senar-MT conta com dezenas de parceiros. Dentre eles,os abaixo relacionados.

Centro Oeste Máquinas – Massey Ferguson.

Terra Premium – New Holland.

Agrofito – Case.

Jorge Máquinas Agrícolas – Plataforma.

Guimáquina – Jacto.

Grupo Vamos – Fendt.

Fazenda Guarita – Joel Strobel.

Rota Oeste – PC Deer.

Sotreq – PC Caterpillar.

IMA Rondonópolis.

Fazenda Red River – Ronaldo Alves Batista Pinto.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA