Mato Grosso

Copa das Américas terá militar da reserva de MT como chefe da Segurança

Após mais de 30 anos longe do solo brasileiro, a Copa América retorna ao Brasil para sua 46ª edição e terá como coordenador de Segurança das seleções estrangeiras o coronel PM da reserva Antônio Roberto Monteiro Moraes.

Cuiabano e filho de militar, coronel Morais se especializou em consultoria de eventos esportivos e chegou a trabalhar como gerente de Segurança de sede na Copa do Mundo de 2014, em Cuiabá.

Ele lembra que foram 31 anos dedicados ao serviço militar, desempenhando funções como coordenador estadual da Polícia Comunitária, secretário-chefe da Casa Militar, secretário-adjunto de Segurança Pública. Depois de deixar a carreira militar, aproveitando seus conhecimentos e experiência, especializou-se em eventos esportivos.

“É uma competição que requer muita responsabilidade e durante as eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia, também exerci a função de segurança das seleções. Pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) fui convocado pela coordenação e segurança para trabalhar junto às seleções estrangeiras. Aceitei logo de pronto”.

O militar destaca a dificuldade para chegar a este patamar, já que está fora dos grandes centros nacionais e internacionais. “É uma honra poder representar Mato Grosso e minha corporação em um evento internacional. Quero que seja mais um de muitos que ainda virão”, completou.

Leia Também:  Médica veterinária morre em grave acidente na BR-163

Copa América

A Copa América de 2019 é o principal torneio de seleções na América do Sul. No país, os jogos serão disputados em cinco cidades: Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Ao todo, são 12 seleções participantes.

Além dos dez países sul-americanos, também foram convidados Japão e Catar. Os jogos acontecem entre os dias 14 de junho e 7 de julho. A abertura da competição terá como palco o Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP). A grande decisão será disputada no lendário gramado do Maracanã, na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

Comentários Facebook

Agricultura

Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

Lideranças femininas do setor agropecuário de Mato Grosso embarcaram hoje (10.08) para uma visita técnica em Brasília. Ao longo dos próximos dias, um grupo com 40 mulheres visitará a Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA), a sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Instituto Pensar Agro (IPA), entre outras instituições na capital federal.

As atividades fazem parte da programação da Academia de Liderança – Mulheres Líderes do Agro, a primeira organizada pelo Senar-MT exclusivamente ao público feminino. Ao todo, serão três encontros, de julho a setembro. Nesta segunda etapa, que ocorre em Brasília, as mulheres conhecerão mais sobre a atuação das instituições visitadas, seus representantes e a estrutura dos poderes executivo, legislativo e judiciário.

A Academia de Liderança reúne produtoras rurais, lideranças sindicais e mulheres que trabalham no setor agropecuário. O objetivo é formar líderes que possam atuar nas mais diversas esferas que envolvem a agropecuária no estado e impulsionar ainda mais o seu desenvolvimento.

No primeiro módulo, que ocorreu em Cuiabá, as participantes aprenderam mais sobre atuação política no agro e autoconhecimento e propósito. Além disso, tiveram a oportunidade de conhecer as áreas de atuação de cada uma das instituições do Sistema Famato: o Senar-MT, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Instituto Agrihub, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e os Sindicatos Rurais.

Leia Também:  Sine MT oferta 2,9 mil vagas de emprego em 27 municípios

Essa é a primeira visita técnica da Academia de Liderança, após o início da pandemia de Covid-19. “Esse momento foi muito aguardado, a pandemia adiou o nosso projeto, mas finalmente conseguimos realizá-lo e estamos muito felizes em poder reunir e fortalecer as mulheres do nosso setor”, afirmou o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA