Cuiabá

Dança, Movimento e Cultura é tema de palestra para professores de Arte e Educação Física

A Semana Pedagógica da Escola Cuiabana 2019 prossegue nesta segunda-feira (28) com atividades de formação no Hotel Fazenda Mato Grosso. Cerca de 250 professores de Artes e Educação Física, das Regionais Norte e Leste (pela manhã) e Sul e Oeste (à tarde) estão participando da palestra ‘Dança, Movimento e Cultura’, ministrada pelo prof. Dr. Vitor Hugo Morani, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), do campus de Barra do Garças.

De acordo com Vitor Morani, a dança é um espaço comum dentro das disciplinas de Arte e Educação Física e, a escola dentro dessa perspectiva, deve possibilitar que esses professores trabalhem juntos. “A ideia é que possamos trabalhar a dança, nessas duas áreas, pensando o corpo dentro de uma construção sócio cultural, ou seja, entendendo que esse corpo se movimenta a partir de um contexto, histórico, social e cultural”, explicou.

Vitor Morani falou também sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), e disse que o documento, reforça parâmetros anteriores, mas vai muito mais além, possibilitando que a arte seja levada para as salas de aula, e ensinada para além de um conteúdo estritamente prático ou uma de uma mera atividade.

Leia Também:  Sine Municipal disponibiliza 484 vagas de emprego nesta segunda-feira (08)

“Dentro do campo da Dança precisamos trabalhar num contexto de prática, fruição estética, de processos criativos e elementos técnicos e dentro da Educação Física, as danças populares, regionais, mundiais e de salão. Nesse sentido, a Base Nacional Comum Curricular orienta os objetivos dessas manifestações dentro do contexto escolar, entendendo que em cada uma dessas áreas os professores devem abordar dimensões do conhecimento, como análise, reflexão crítica expressão cultural, fruição estética e outros elementos”, destacou.

Para Vitor Morani, a sociedade atual preza cada vez mais pela instrumentalização do sujeito e não pelo seu potencial criativo, estético e expressivo. “No currículo, a arte, e a dança, auxilia na formação de um sujeito que trabalhe a sensibilidade a partir da poesia do seu movimento, do seu corpo, do seu sentimento e expressão. Então, a importância de trabalhar com esse conteúdo na escola está em fazer com que os sujeitos se reconheçam na sua condição humana, de seres sensíveis, criativos, e que conseguem reconhecer o outro e a si próprio, dentro de um contexto maior, que é o social. A escola, como um espaço de produção e reprodução cultural, é fundamental para que as crianças, desde pequenas, tenham acesso a esse conteúdo e tenham formação integral”, salientou.

Leia Também:  É o Bicho MT realiza feira de adoção de animais neste sábado (13)

Confira anexa a agenda desta segunda-feira (28), da Semana Pedagógica da Escola Cuiabana

 

Semana Pedagógica da Escola Cuiabana 2019

Data: 23 de janeiro a 8 de fevereiro

Locais: Auditório Maestro China da Secretaria Municipal de Educação (SME), Hotel Fazenda Mato Grosso, Auditório das Faculdades Evangélicas Integradas Cantares de Salomão (FEICS), EMEB Madre Marta Cerutti

Solenidade de início do ano letivo 2019 – Aula Inaugural

Palestra: Pedagogia Afetiva na Escola

Data: 8 de fevereiro

Horário: das 8h às 12h e das 14h às 18h

Local: Hotel Fazenda Mato Grosso, Rua Antônio Dorileo, nº 1100, bairro Coxipó

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários Facebook

Cuiabá

É o Bicho MT realiza feira de adoção de animais neste sábado (13)

A Associação É o Bicho MT realiza no próximo sábado (13.08), em parceria com protetores independentes de Cuiabá e Várzea Grande, uma feira de adoção de cães e gatos. Ao todo são cerca de 20 animais em busca de um lar, a maioria já vacinados, vermifugados e castrados.

O evento será realizado no Piso G1 do Shopping Estação Cuiabá, das 11h às 16h. São animais muito dóceis, bem cuidados e cheios de amor para dar, aguardando a chance de ter uma família e um lar com muito amor e respeito.

Além da feira de adoção, o É o Bicho MT venderá seus produtos como camisetas, bonés, cadernos e quadros, cujo valor arrecadado será destinado às ações da associação e para a compra de ração para cachorros e gatos.

O É o Bicho MT é uma associação sem fins lucrativos formada por protetores, voluntários, defensores e simpatizantes da causa animal de Cuiabá e região, que desde 2015 busca amparar, na medida do possível, os animais de rua que vivem em situações rotineiras de maus tratos, apoiando as organizações e protetores independentes.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre mandados contra grupo envolvido em execução de empresário

Segundo a voluntária do É o Bicho MT e coordenadora da feira, Isabel Cristina da Silva, essa é a terceira feira que a associação realiza este ano. “A ideia é apoiar os protetores independentes para que consigam adoção dos animais. Muitos deles estão lotados e passando por dificuldades financeiras, já que cuidam desses bichinhos sem auxílio externo. Nas duas primeiras edições tivemos a alegria de doar todos os animais e para essa edição, nossa expectativa é muito boa pois sabemos da grande circulação de pessoas no Shopping Estação Cuiabá”, explica Isabel.

“Todos serão bem-vindos ao Shopping para o Estação Pet. Apoiar eventos como este é a nossa forma de ajudar e incentivar a adoção responsável de animais”, afirma a Gerente de Marketing do Shopping Estação Cuiabá, Laíza Carvalho.

A feira de adoção tem a parceria da Cobasi e do Shopping Estação Cuiabá.

Serviço:

Feira de Adoção Estação Pet: neste sábado (13) das 11h às 16h.

Local: Shopping Estação Cuiabá – Piso G1

Necessário levar um documento com foto.

Leia Também:  É o Bicho MT realiza feira de adoção de animais neste sábado (13)

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA