Politica MT

Deputado cobra medidas de prevenção de acidentes em áreas de mineração e propõe audiência pública

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

O acidente ocorrido em Minas Gerais, na cidade de Brumadinho, com o  rompimento de uma das barragens da mineradora Vale, e a consequente morte de centenas de trabalhadores e moradores da cidade, acendeu um sinal de alerta em todo o país. Em Mato Grosso, o deputado estadual Valdir Barranco (PT), apresentou ao plenário da Assembleia Legislativa requerimento buscando informações acerca do estado de manutenção das barragens das mineradoras e usinas hidrelétricas instaladas no estado.

O requerimento está direcionado a diversos órgãos e empresas: Companhia Mato-grossense de Mineração (Metamat), Defesa Civil, Sindicato das Indústrias Extrativas der Minérios (Sindminério-MT), Ministério Público do Trabalho (MPT), Faculdade de Geociências (UFMT), Secretaria de Estado de Meio ambiente (Sema-MT), Fórum Mato-grossense de Meio Ambiente e Desenvolvimento (Formad), Agência Nacional de Minérios (ANM).

“Estou solicitando a descrição, apreciação valorativa e o cumprimento dos procedimentos de licenciamento, avaliação, inspeção, ampliação de sanções, cumprimento de normas e medidas reparadoras de compensação. Também requerendo resultados atuais de evolução das avaliações de riscos dos empreendimentos de exploração mineral e da instalação de usinas hidrelétricas em Mato Grosso, desde 2010, para que tragédias com a de Minas Gerais não ocorram em nosso estado”, explicou o deputado.

Leia Também:  Na busca pelo primeiro mandato na AL, Juca do Guaraná quer ‘levar o povo’ para a Casa de Leis

Ainda na justificativa do requerimento, o deputado cobra transparência nas indicações de alterações de métodos e processos e projetos de estabelecimento de medidas protetivas aos trabalhadores, às comunidades e ao meio ambiente. “Além disso, quero que o governo apresente quais as implicações na concessão de incentivos e benefícios fiscais e respectivas contrapartidas das empresas de mineração. E, também, que a Defesa Civil apresente quais procedimentos adota na prevenção e sinistros.” Barranco cobrou ainda que o governo implemente inciativas de comunicação social e transparência.

Audiência Pública – Na mesma sessão plenária, ocorrida na tarde desta terça-feira (29), na ALMT, o deputado apresentou outro requerimento para realização de audiência pública “com o objetivo de debater com a sociedade e com os diversos órgãos responsáveis pelo setor de mineração políticas públicas de prevenção e acidentes além de saber da sociedade o que as pessoas pensam da atividade mineradora no estado”.

A audiência pública será realizada no dia 28 de fevereiro, às 14h, na Assembleia Legislativa. “Tenho certeza de que de posse de todas estas informações o estado terá totais condições de se preparar para prevenção de todo e qualquer acidente provocado pela mineração ou pela geração de energia hidrelétrica. Não podemos correr riscos de acidentes como os ocorridos em Minas Gerais, em Brumadinho (2019) e Mariana (2015)”, concluiu o deputado.

Leia Também:  TVAL fará entrevistas com candidatos ao Senado e ao governo de MT

Comentários Facebook

Politica MT

Na busca pelo primeiro mandato na AL, Juca do Guaraná quer ‘levar o povo’ para a Casa de Leis

Para o candidato a deputado estadual pelo MDB em Mato Grosso, Juca do Guaraná Filho, a presença do agente político nos municípios é fundamental. Uma das propostas do Juca do Guaraná, é percorrer, com o Gabinete Itinerante, os 141 municípios do Estado e deixar fixa uma base do Gabinete Itinerante nas principais cidades de Mato Grosso.

“As pautas que vêm de encontro com as necessidades da população precisam ganhar vez na Assembleia Legislativa. Pode ter certeza que se eu conseguir uma das vagas da AL, a população entrará junto comigo”, destacou Juca do Guaraná.  

O emedebista é conhecido por ser o vereador do povo. Juca foi um dos parlamentares que mais teve indicações feitas e atendidas nos último dois anos. Já se somam mais de 10 mil indicações atendidas, em inúmeros bairros e comunidades rurais de Cuiabá. 

Juca do Guaraná Filho sabe bem a importância em ser um bom representante para a população cuiabana. Com muitos projetos de Lei de sua autoria, sancionados, Juca promete, caso eleito, continuar ‘fazendo mais por sua gente’.  Desta forma, criando mais propostas que beneficiem diretamente a homens e mulheres trabalhadores ou inserindo emendas a projetos que sejam, de fato, de interesse para Mato Grosso.  

Leia Também:  Na busca pelo primeiro mandato na AL, Juca do Guaraná quer ‘levar o povo’ para a Casa de Leis

Juca do Guaraná Filho nasceu no bairro Pedregal, se candidatou e foi eleito em 2012. Depois, em 2016 e, por fim, em 2020. Sua entrada na política foi, inicialmente, para atender a um pedido do falecido pai, o ex-vereador José Maria Barbosa, mais conhecido como Juca do Guaraná. Assim, decidiu seguir a trajetória política e, hoje, Juca do Guaraná Filho busca seu primeiro mandato como deputado estadual.  

Com esse objetivo, Juca do Guaraná tem mostrado aos eleitores alguns de seus trabalhos na Casa de Leis cuiabana, afirmando que como vereador, criou o Gabinete Itinerante, com o objetivo não só de aproximar o parlamento municipal da comunidade, como ainda levantar as principais necessidades estruturais, em especial, nos bairros carentes da Capital. A ação já percorreu todas as regiões da Capital e já totalizou mais de 10 mil atendimentos. 

Em uma luta sem tréguas, Juca conseguiu sancionar a Lei de Nº 6.509/2020, de sua autoria, estabelecendo atendimento prioritário e, sobretudo, humanitário, aos autistas. A Lei exige que os estabelecimentos públicos e privados passem a estampar, em local visível, o símbolo para a conscientização do autismo, informando que os portadores do Transtorno do Espectro Autista (TEA) e seus acompanhantes têm direito a atendimento prioritário. O êxito foi tão grande que o projeto do vereador Juca do Guaraná acabou servindo de referência para várias outras cidades.

Leia Também:  TVAL fará entrevistas com candidatos ao Senado e ao governo de MT

Juca também foi autor da Lei que aumentou o tempo para integração nos ônibus coletivos de Cuiabá, fazendo com que os usuários do transporte público tivessem mais tempo para completar seu trajeto, sem perder o tempo de integração e sem precisar pagar outra passagem.   

Esta Lei foi idealizada pelo parlamentar como resultado de uma experiência feita por ele, quando enfrentou um ônibus lotado que demorou aproximadamente 2 horas para fazer a linha que vai do bairro Pedra 90 ao Centro da capital. Ao passar por essa situação, notou que muito dificilmente uma pessoa conseguiria fazer esse mesmo percurso e tantos outros, em apenas 1 hora.  

Com a apresentação de todo trabalho prestado à Cuiabá, é que Juca do Guaraná tem se colocado à disposição da população mato-grossense, para levar esses projetos para todo o Estado.

Fonte: Eleições 2022

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA