Mato Grosso

Desenvolve MT injetou mais de R$ 8,4 milhões em micro e pequenas empresas em 2018

O fomento de micro e pequenos negócios por meio de linhas de crédito é uma das missões da Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso, a Desenvolve MT.  E não é por menos: dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostraram que das 852 mil vagas de emprego oferecidas em todo o país, em 2018, mais de 83% foram ofertadas por micro e pequenas empresas, demonstrando o crescimento e a força do setor.

Ao todo, a Desenvolve MT realizou no último ano quase 180 operações de crédito, totalizando mais de R$ 8,4 milhões disponibilizados ao micro e pequeno empresário. Entre as operações com maior destaque estão as modalidades Fungetur, que é o financiamento de bens e projetos na área de Turismo, com um total de R$ 2,4 milhões liberados e o Desenvolve Agro, com um total de R$ 1,6 milhão.

Assim como as linhas de crédito oferecidas ao turismo e ao agronegócio, a Desenvolve MT também fomenta as áreas de transporte, indústria e agroindústria, com o Fundeic, e oferece soluções até mesmo para quem deseja financiar o capital de giro de sua empresa. 

O diferencial da agência de fomento em relação a outras instituições financeiras está relacionado principalmente às condições de pagamento. A taxa de juros, o prazo de carência e os valores financiados são mais atrativos do que os praticados no mercado.

Foi justamente as taxas de juros mais baixas que despertaram o interesse da empresária Elisete Muniz, de 40 anos. Há mais de 20 anos Elisete produz bolos na cidade de Nossa Senhora do Livramento. A tradição e o capricho fizeram a empresária conquistar clientes até mesmo na Capital, mas, há algum tempo, ela precisava de uma ajuda para a compra de mais materiais para expandir a produção.

Leia Também:  Supostos organizadores do Dia do Fogo são alvos de operação em Colniza

Logo que ficou sabendo da “Giro Mais”, que é a linha de financiamento de capital de giro ofertada pela Desenvolve MT, ela procurou a agência e não teve dificuldades para conseguir o financiamento de R$ 15 mil. “Com o dinheiro, você consegue mais dinheiro”, destacou Elisete, que passou então a produzir de 20 a 30 kg de bolo por final de semana e a garantir o negócio da família.

A realidade de outros empreendedores também foi transformada em 2018, como é o caso de Valdir Fragoso, que possui uma pequena empresa de brinquedos, localizada no bairro Quilombo, em Cuiabá. O microcrédito no valor de R$ 8 mil ajudou na compra de material para a produção de brinquedos e, consequentemente, na geração de mais empregos em sua pequena fábrica.

Hoje já são seis funcionários na linha de produção e agora ‘seo’ Valdir quer contratar de seis a oito vendedores para levar sua produção para ser comercializada nas praias do Rio Grande do Sul, onde o empresário diz que a concorrência é menor.

“O microcrédito é um ótimo apoio para nós, os pequenos, e representa um avanço para o estado. Agora eu vejo que o meu negócio está prosperando e estou muito satisfeito, tanto que já é o segundo financiamento que faço pela agência”, contou Valdir.

Leia Também:  Assaí tem 170 vagas de emprego em Rondonópolis, Cuiabá, Várzea Grande e Sinop

E não é só no Vale do Rio Cuiabá que a Desenvolve MT tem fomentado a economia. Empresários de outros municípios também são atendidos diariamente, como no caso de “seo” Albino dos Santos Filho, de 75 anos, que possui uma empresa de comercialização de castanha-do-pará e produtos naturais em Alta Floresta. 

A agência de fomento ajudou o empresário no financiamento de maquinários específicos para a produção do óleo da própria castanha, além de ser atendido pelo setor de Prospecção e Projetos, que o auxiliou na abertura de uma cooperativa para a exportação do produto. E aos 75 anos o exemplo de empreendedorismo de Albino tem sido passado adiante.

“Eu vivo o empreendedorismo em sua essência e estou dando exemplos diários para que os meus filhos tenham comportamento empreendedor desde agora”, pontuou o pequeno empresário.

Atendimento

Para conhecer mais sobre as linhas de crédito oferecidas pela Desenvolve MT, o atendimento presencial é realizado de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h; e das 13h às 18h, no Edifício Top Tower, Av. Historiador Rubens de Mendonça, Nº 2368, salas 1 e 2 (térreo), Bosque da Saúde, Cuiabá/MT. Outras informações: (65) 3613-7900 ou pelo site www.desenvolve.mt.gov.br.

Comentários Facebook

Destaque

Senar-MT lança mais dois cursos que qualificam profissionais para atuar no setor de máquinas agrícolas

Já estão disponíveis no portfólio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) mais dois cursos. O objetivo destes dois novos produtos é qualificar pessoas que vão atuar no setor de máquinas e implementos agrícolas. Aplicação de sólidos utilizando distribuidor autopropelido e Operação de escavadeira hidráulica são os dois novos cursos. Além destes, a instituição oferece mais de 350 outros cursos para capacitar e qualificar o homem do campo.

O Aplicação de sólidos utilizando distribuidor Autopropelido será numa modalidade híbrida e a carga horária será de 24 horas, distribuída em dois módulos – 16 horas de conteúdo EaD e 08 horas presencial.

Este treinamento surgiu em função da necessidade de aprimorar os conhecimentos dos profissionais que já atuam na atividade de operação de máquinas agrícolas. O objetivo é aplicar mais essa tecnologia que é a de aplicar sólidos utilizando o autopropelido.

O conteúdo programático inclui assuntos como:

– Fertilizantes e corretivos com distribuidor autopropelido

– Aspectos legais e de segurança na aplicação de fertilizantes e corretivos

– Aplicação de corretivos e fertilizantes com distribuidor autopropelido

– A agricultura de precisão na distribuição de fertilizantes e corretivos

Leia Também:  Mulher é resgatada após ser estuprada, agredida e sofrer maus-tratos

– Barra de luzes e o piloto automático na agricultura de precisão

– Distribuidor de corretivos e fertilizantes autopropelido

– Cabine do distribuidor

– Parâmetros da aplicação de corretivos e fertilizantes

– Revisão dos componentes do distribuidor de corretivos e fertilizantes do distribuidor

– Configuração do distribuidor conforme o produto a ser aplicado

– Regulagens e calibrações do distribuidor

– Aplicação do produto

Já a Operação de escavadeira hidráulica é presencial com carga horária de 40 horas. O objetivo é que o participante aprenda a operar a escavadeira hidráulica de acordo com a recomendação do manual do operador. É importante destacar que a escavadeira é uma máquina de grande utilidade para o setor rural e da construção civil e para ser manuseada precisa de profissionais qualificados. O curso capacitará o operador a exercer o trabalho com eficácia e respeito às Normas de Segurança.

Conteúdo programático inclui assuntos como:

– Legislação

– Normas regulamentadoras da atividade

– Saúde e Segurança do Trabalho

– Conceito e histórico da escavadeira hidráulica

– Configuração de uma escavadeira: carro superior e inferior

– Utilização dos implementos de escavadeira hidráulica

Leia Também:  Votorantim oferta vagas para curso gratuito de qualificação profissional para pessoas com deficiência

– Importância da cabine do operador

– Verificação dos níveis dos sistemas

– Componentes da escavadeira hidráulica

– Deslocamento operacional da escavadeira hidráulica;

– Operação de escavação

– Movimentação de carga

Crédito: Aline Lima

Colheita de Talentos – Após concluir os cursos do Senar-MT, os participantes têm seus currículos cadastrados no Colheita de Talentos, que é plataforma do Senar-MT que tem como objetivo aproximar as empresas do agro e produtores rurais interessados em contratar profissionais qualificados e as pessoas qualificadas pelo Senar-MT.

Parcerias – para realizar as aulas práticas nos Centros de Treinamentos do Senar-MT conta com dezenas de parceiros. Dentre eles,os abaixo relacionados.

Centro Oeste Máquinas – Massey Ferguson.

Terra Premium – New Holland.

Agrofito – Case.

Jorge Máquinas Agrícolas – Plataforma.

Guimáquina – Jacto.

Grupo Vamos – Fendt.

Fazenda Guarita – Joel Strobel.

Rota Oeste – PC Deer.

Sotreq – PC Caterpillar.

IMA Rondonópolis.

Fazenda Red River – Ronaldo Alves Batista Pinto.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA