Mato Grosso

Desenvolve MT ofertará mais de R$ 30 milhões em crédito para pequenos empresários em 2019

Pequenos e microempresários de Mato Grosso podem contar com a Desenvolve MT para a expansão de seus negócios em 2019. Isso porque a agência de fomento tem previsão de ofertar mais de R$ 30 milhões em linhas de crédito para projetos ligados às áreas de Turismo, Indústria, Inovação, entre outros. O número é quase quatro vezes maior do que em 2018, quando R$ 8,4 milhões foram disponibilizados a pequenas empresas.

Deste montante, mais da metade (aproximadamente R$ 17 milhões) são previstos para o fomento do Turismo no Estado, por meio do Fundo Geral de Turismo (Fungetur), vinculado ao Governo Federal. A Desenvolve MT é uma das oito agências financeiras aptas em todo o país a oferecer este tipo de financiamento, que pode ser utilizado para construção, reforma, ampliação ou compra de equipamentos.

Foi por meio do Fungetur que a cidade de Sinop ganhou o primeiro “open mall”, uma espécie de shopping center aberto, o Pátio Piemonte. O município possui mais de 139 mil habitantes, sendo a quarta maior cidade de Mato Grosso, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Daí a necessidade de empreendimentos como o da Piemonte, do qual o sócio Genilson Marques considera fundamental para o desenvolvimento do Turismo e da atividade econômica na cidade.

Leia Também:  Jovem de 16 anos tenta atravessar rio e morre afogado

“Só para se ter uma ideia, com a construção do mall, geramos em média 120 empregos diretos em Sinop. Então eu considero fundamental para as empresas esse tipo de crédito oferecido pela Desenvolve MT, pois parte da construção só foi possível com este recurso”, destacou Genilson.

O local possui área total de 9 mil m², com estacionamento para 420 veículos, um parque infantil de 400 m² e aproximadamente 20 estabelecimentos nas áreas de gastronomia, e de serviços como imobiliária, agência de turismo, floricultura, farmácia, barbearia, entre outros.

Além dos empregos diretos, o sócio também apontou como consequência o fortalecimento de empresas terceirizadas, já que o empreendimento fez a contratação de profissionais para as áreas de segurança e de limpeza, por exemplo. Para se ter acesso a essa linha de crédito, o empreendimento deve estar cadastrado no Cadastur, entre outras condicionalidades. 

Outra linha de crédito que a Desenvolve MT também oferecerá é o Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Fundeic), destinado a projetos de empresas dos setores de comércio, indústria e agroindústria. Somente para 2019, estão previstos recursos na ordem de R$ 8 milhões.

Leia Também:  Mãe chega em casa e encontra homem nu deitado ao lado da filha; suspeito foi detido por tentativa de estupro

Os recursos do Fundeic são oriundos de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre o Ministério Público e o Governo do Estado com a adequação de incentivos fiscais concedidos Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Prodeic). 

Já para os projetos de inovação tecnológica, a exemplo de desenvolvimento de novos softwares e de startups, a Desenvolve MT destinará mais de R$3,3 milhões por meio do Inovacred. Para o Microcrédito, o financiamento de novos veículos e outras linhas de crédito, a agência de fomento destinará R$2,5 milhões.

Atendimento

Para conhecer mais sobre as linhas de crédito oferecidas pela agência, o atendimento é realizado na sede da Desenvolve MT, de segunda à sexta-feira, das 9h às 18h, no Edifício Top Tower, Av. Historiador Rubens de Mendonça, Nº 2368, salas 1 e 2 (térreo), Bosque da Saúde, Cuiabá/MT. Mais informações pelo telefone (65) 3613-7900 ou pelo site www.desenvolve.mt.gov.br.

Comentários Facebook

Agricultura

Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

Lideranças femininas do setor agropecuário de Mato Grosso embarcaram hoje (10.08) para uma visita técnica em Brasília. Ao longo dos próximos dias, um grupo com 40 mulheres visitará a Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA), a sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Instituto Pensar Agro (IPA), entre outras instituições na capital federal.

As atividades fazem parte da programação da Academia de Liderança – Mulheres Líderes do Agro, a primeira organizada pelo Senar-MT exclusivamente ao público feminino. Ao todo, serão três encontros, de julho a setembro. Nesta segunda etapa, que ocorre em Brasília, as mulheres conhecerão mais sobre a atuação das instituições visitadas, seus representantes e a estrutura dos poderes executivo, legislativo e judiciário.

A Academia de Liderança reúne produtoras rurais, lideranças sindicais e mulheres que trabalham no setor agropecuário. O objetivo é formar líderes que possam atuar nas mais diversas esferas que envolvem a agropecuária no estado e impulsionar ainda mais o seu desenvolvimento.

No primeiro módulo, que ocorreu em Cuiabá, as participantes aprenderam mais sobre atuação política no agro e autoconhecimento e propósito. Além disso, tiveram a oportunidade de conhecer as áreas de atuação de cada uma das instituições do Sistema Famato: o Senar-MT, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Instituto Agrihub, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e os Sindicatos Rurais.

Leia Também:  Homem é espancado por populares após agredir mulher em MT

Essa é a primeira visita técnica da Academia de Liderança, após o início da pandemia de Covid-19. “Esse momento foi muito aguardado, a pandemia adiou o nosso projeto, mas finalmente conseguimos realizá-lo e estamos muito felizes em poder reunir e fortalecer as mulheres do nosso setor”, afirmou o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA