Política Cuiabá

Esclarecimento: Elizeu Nascimento, deixa claro que não se sentiu constrangido com o discurso do sindicalista Antônio Wagner

O deputado eleito Elizeu Nascimento, vem a público deixando claro que em momento algum se sentiu constrangido com o discurso do sindicalista Antônio Wagner que está sendo veiculado nas redes nesta quinta-feira (17.01).
Ao contrário do que estão publicando o sindicalista Wagner que está dentro de seus direitos de manifestar contrário aos projetos bárbaros que o governador Mauro Mendes impõe contra os servidores públicos de Mato Grosso, estou na luta em favor de manter os direitos dos servidores públicos. Muitos servidores estão passando por dificuldades, com falta de alimentos em suas residências devido ao atraso salarial e parcelamento do 13° salário, imposto pelo governador sem falar na imposição de arrancar o direito ao RGA dos funcionários públicos do executivo, disse Elizeu Nascimento
O deputado Elizeu Nascimento sempre deixou claro o posicionamento dele em relação as atitudes que o governador tem tomando em relação aos servidores públicos, em suas redes sociais o deputado tem mostrado sua luta em favor da categoria.
Declarando em suas redes sociais: Me posicionei contrário a votação a suspensão do RGA e tenho participado de reuniões exemplo deste dia de 17 de janeiro que estive com o fórum sindical e outros deputados estudando fórmulas e tentativa de barrar aprovação dos projetos bombas do governador Mauro Mendes, tenho participado das audiências públicas em defesa do direito do servidor público que repõe o índice inflacionário anual, sou contra desde o início ao atraso de salário e parcelamento de décimo terceiro salário que já está atrasado que anunciaram pagar em 4 vezes, me posicionei contra o congelamento salarial, congelamento de progressão de carreiras e congelamento de promoções e outros que venha a ferir os direitos dos servidores públicos, estive presente em reuniões e audiências públicas e não me furtei de estar presente solidarizando meu apoio aos servidores públicos de Mato Grosso e não concordo que as mensagens do governo Mauro Mendes seja votado neste momento sem uma discussão mais aprofundada, NÃO ao corte dos direitos dos servidores públicos de MT. Honrar com as categorias é estar presente! Declarou o deputado.

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook

Política Cuiabá

CCJR analisa novos projetos nesta quarta

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Câmara Municipal de Cuiabá fará mais uma reunião remota na manhã desta quarta-feira (22), a partir das 10h30, para analisar nove projetos de lei de autoria dos próprios parlamentares.

A comissão é presidida pelo vereador Lilo Pinheiro (PDT), tendo como vice-presidente Juca do Guaraná Filho (MDB) e Wilson Kero Kero (Podemos) como membro.

Dentre a pauta, consta o projeto de lei de autoria do vereador Misael Galvão (PTB), presidente do legislativo cuiabano, que apresenta um substitutivo ao processo legislativo nº 1.136/2019 em tramitação na Casa de Leis. O processo em destaque dispõe sobre a classificação de atividades de baixo risco para o desenvolvimento de atividade econômica no município de Cuiabá, em consonância com a Lei Federal que institui a declaração de direitos e liberdade econômica.

Outro projeto que será analisado pela CCJR é o projeto de lei de autoria do vereador Marcelo Bussiki (DEM) que dispõe sobre a isenção das taxas de concursos públicos e processos seletivos municipais aos prestadores de serviço voluntário e dá outras providências.

Será analisado ainda o projeto que torna obrigatório a instalação de dispositivos de sinalização com tradução para dois idiomas em órgãos e prédios da administração municipal, de autoria do vereador Adilson Levante (PSB).

Jean Estevan / Câmara Municipal de Cuiabá

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA