Mato Grosso

Governo e sindicatos da Segurança conversam sobre pacote de medidas

O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, se reuniu com representantes de dez sindicatos e associações de servidores da Segurança Pública, nesta terça-feira (29.01), para tratar do pacote de projetos que buscam o equilíbrio fiscal e financeiro do Estado, aprovado pela Assembleia Legislativa na semana passada.

“Abrimos o diálogo com os sindicatos e associações da Segurança, pois o Governo do Estado entende a importância dos servidores públicos para a manutenção da máquina e dos serviços essenciais ofertados à população. Pudemos explicar a necessidade do ajuste fiscal para o Estado e ouvimos algumas sugestões das categorias”, disse Carvalho.

O presidente do Sindicato dos Escrivães de Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso (Sindepojuc-MT), Davi Nogueira, pontuou que a conversa foi importante e que mostra a sensibilização do Executivo estadual para as questões do funcionalismo público.

“Nossa preocupação é em saber lidar com nossos associados para evitar mais atritos, por isso, buscamos o Governo para sensibilizar a respeito dos direitos já adquiridos pelos servidores, uma vez que na nossa opinião alguns podem estar em risco com as novas medidas”, declarou Nogueira.

Leia Também:  Prefeito de Pedra Preta morre aos ao 74 anos de idade

Participaram da reunião na Casa Civil representantes dos Sindicatos dos Peritos Oficiais Criminais do Estado do Mato Grosso (Sindpeco), da Carreira dos Profissionais do Sistema Socioeducativo do Estado de Mato Grosso (Sindpss), dos Investigadores de Polícia do Estado de Mato Grosso (Sinpol), dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen) e dos Delegados de Polícia, e das Associações dos Investigadores de Polícia do Estado de Mato Grosso (Assinpol), de Cabos e Soldados da Polícia Militar e dos Bombeiros Militares (ACSPMBM), de Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar (Assoade) e dos Oficiais da Polícia Militar (Assof).

Comentários Facebook

Destaque

Senar-MT lança mais dois cursos que qualificam profissionais para atuar no setor de máquinas agrícolas

Já estão disponíveis no portfólio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) mais dois cursos. O objetivo destes dois novos produtos é qualificar pessoas que vão atuar no setor de máquinas e implementos agrícolas. Aplicação de sólidos utilizando distribuidor autopropelido e Operação de escavadeira hidráulica são os dois novos cursos. Além destes, a instituição oferece mais de 350 outros cursos para capacitar e qualificar o homem do campo.

O Aplicação de sólidos utilizando distribuidor Autopropelido será numa modalidade híbrida e a carga horária será de 24 horas, distribuída em dois módulos – 16 horas de conteúdo EaD e 08 horas presencial.

Este treinamento surgiu em função da necessidade de aprimorar os conhecimentos dos profissionais que já atuam na atividade de operação de máquinas agrícolas. O objetivo é aplicar mais essa tecnologia que é a de aplicar sólidos utilizando o autopropelido.

O conteúdo programático inclui assuntos como:

– Fertilizantes e corretivos com distribuidor autopropelido

– Aspectos legais e de segurança na aplicação de fertilizantes e corretivos

– Aplicação de corretivos e fertilizantes com distribuidor autopropelido

– A agricultura de precisão na distribuição de fertilizantes e corretivos

Leia Também:  Assaí tem 170 vagas de emprego em Rondonópolis, Cuiabá, Várzea Grande e Sinop

– Barra de luzes e o piloto automático na agricultura de precisão

– Distribuidor de corretivos e fertilizantes autopropelido

– Cabine do distribuidor

– Parâmetros da aplicação de corretivos e fertilizantes

– Revisão dos componentes do distribuidor de corretivos e fertilizantes do distribuidor

– Configuração do distribuidor conforme o produto a ser aplicado

– Regulagens e calibrações do distribuidor

– Aplicação do produto

Já a Operação de escavadeira hidráulica é presencial com carga horária de 40 horas. O objetivo é que o participante aprenda a operar a escavadeira hidráulica de acordo com a recomendação do manual do operador. É importante destacar que a escavadeira é uma máquina de grande utilidade para o setor rural e da construção civil e para ser manuseada precisa de profissionais qualificados. O curso capacitará o operador a exercer o trabalho com eficácia e respeito às Normas de Segurança.

Conteúdo programático inclui assuntos como:

– Legislação

– Normas regulamentadoras da atividade

– Saúde e Segurança do Trabalho

– Conceito e histórico da escavadeira hidráulica

– Configuração de uma escavadeira: carro superior e inferior

– Utilização dos implementos de escavadeira hidráulica

Leia Também:  Homem morre atropelado por carreta após ‘pegar beirão’ em cidade de MT

– Importância da cabine do operador

– Verificação dos níveis dos sistemas

– Componentes da escavadeira hidráulica

– Deslocamento operacional da escavadeira hidráulica;

– Operação de escavação

– Movimentação de carga

Crédito: Aline Lima

Colheita de Talentos – Após concluir os cursos do Senar-MT, os participantes têm seus currículos cadastrados no Colheita de Talentos, que é plataforma do Senar-MT que tem como objetivo aproximar as empresas do agro e produtores rurais interessados em contratar profissionais qualificados e as pessoas qualificadas pelo Senar-MT.

Parcerias – para realizar as aulas práticas nos Centros de Treinamentos do Senar-MT conta com dezenas de parceiros. Dentre eles,os abaixo relacionados.

Centro Oeste Máquinas – Massey Ferguson.

Terra Premium – New Holland.

Agrofito – Case.

Jorge Máquinas Agrícolas – Plataforma.

Guimáquina – Jacto.

Grupo Vamos – Fendt.

Fazenda Guarita – Joel Strobel.

Rota Oeste – PC Deer.

Sotreq – PC Caterpillar.

IMA Rondonópolis.

Fazenda Red River – Ronaldo Alves Batista Pinto.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA