Destaque

Homem invade casa e queima vivo adolescente de 16 anos

O adolescente Caio Vinícius Anadão Barboza, 16 anos, morreu no Pronto-Socorro de Cuiabá, na madrugada desta segunda-feira (14), após ter 90% do corpo queimado. O caso aconteceu no município de Colniza (a 1.065 km de Cuiabá).

Ao site, um policial militar da cidade revelou que vizinhos viram o momento em que um homem, ainda não identificado, invadiu a casa e colocou fogo no corpo do adolescente. Em seguida, o suposto assassino, segundo testemunhas, pulou o muro da casa e fugiu.

A PM também verificou, por meio de câmeras de segurança de um posto de combustível, que uma pessoa a pé comprou gasolina no local, o que levanta suspeita de que o ‘cliente’ possa ser o autor do crime.

Relatos iniciais, apurados pela Polícia Civil, apontam que o homem que cometeu o crime é conhecido na região por invadir casas e cometer furtos. Na madrugada de domingo (13), ele espalhou combustível pela cozinha e no corpo do adolescente, depois colocou fogo.

As chamas da casa e do corpo da vítima foram apagadas com água pelos vizinhos que ouviram os gritos de socorro. Devido à gravidade das queimaduras, Caio foi transferido em estado grave para o Pronto-Socorro de Cuiabá, mas não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois de dar entrada na unidade.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre mandados contra grupo envolvido em execução de empresário

O corpo foi liberado às 3h desta segunda por uma equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passa por exames de necropsia antes de ser liberado para procedimentos funerários.

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Repórter MT

Comentários Facebook

Agricultura

Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

Lideranças femininas do setor agropecuário de Mato Grosso embarcaram hoje (10.08) para uma visita técnica em Brasília. Ao longo dos próximos dias, um grupo com 40 mulheres visitará a Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA), a sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Instituto Pensar Agro (IPA), entre outras instituições na capital federal.

As atividades fazem parte da programação da Academia de Liderança – Mulheres Líderes do Agro, a primeira organizada pelo Senar-MT exclusivamente ao público feminino. Ao todo, serão três encontros, de julho a setembro. Nesta segunda etapa, que ocorre em Brasília, as mulheres conhecerão mais sobre a atuação das instituições visitadas, seus representantes e a estrutura dos poderes executivo, legislativo e judiciário.

A Academia de Liderança reúne produtoras rurais, lideranças sindicais e mulheres que trabalham no setor agropecuário. O objetivo é formar líderes que possam atuar nas mais diversas esferas que envolvem a agropecuária no estado e impulsionar ainda mais o seu desenvolvimento.

No primeiro módulo, que ocorreu em Cuiabá, as participantes aprenderam mais sobre atuação política no agro e autoconhecimento e propósito. Além disso, tiveram a oportunidade de conhecer as áreas de atuação de cada uma das instituições do Sistema Famato: o Senar-MT, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Instituto Agrihub, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e os Sindicatos Rurais.

Leia Também:  Homem é espancado por populares após agredir mulher em MT

Essa é a primeira visita técnica da Academia de Liderança, após o início da pandemia de Covid-19. “Esse momento foi muito aguardado, a pandemia adiou o nosso projeto, mas finalmente conseguimos realizá-lo e estamos muito felizes em poder reunir e fortalecer as mulheres do nosso setor”, afirmou o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA