Estadual

Idoso é preso por estuprar neta de 8 anos de idade em MT

Um pastor procurado pela Justiça de Boa Vista, Estado de Roraima, por praticar crime contra a dignidade sexual de vulnerável, foi preso pela Polícia Civil de Mato Grosso, na quinta-feira (29.07), no município de Novo Mundo (785 km ao norte de Cuiabá).

A ação decorreu após troca de informações entre as Polícias Civis de Rondônia, por meio da Dicap, e de Mato Grosso, através da Gerência de Estadual de Polinter e Capturas (Gepol) com apoio do Núcleo de Inteligência e Operacional da Delegacia Regional de Guarantã do Norte (715 km ao norte de Cuiabá).

O suspeito de 67 anos estava com o mandado de prisão decretado pela Vara de Crimes Contra Vulneráveis do Estado de Roraima, por estupro de vulnerável majorado pela ascendência, ocorrido em março de 2018, onde ao agir para a satisfação de sua lascívia, constrangeu a neta de sua companheira de apenas 8 anos.

No dia dos fatos, a criança estava em um dos quartos da casa da avó, quando o suspeito entrou no cômodo e iniciou os abusos sexuais. Porém, ele foi flagrado pela sua companheira que entrou no quarto.

Leia Também:  MT estuda adotar uso de câmeras em uniforme dos policiais para inibir crimes

A avó da vítima discutiu com o companheiro, momento em que este ameaçou matar a esposa e o pai da menina, caso chamassem à polícia. Em seguida ele fugiu e não foi mais localizado.

Durante as investigações realizadas pela Polícia Civil de Roraima, foi descoberto que o foragido estava em uma região de garimpo na cidade de Novo Mundo. Diante do fato, foi realizada a troca de informações entre as Polícias de RR e MT, ocasião em que a equipe da Polinter em Cuiabá entrou em contato com os policiais da Guarantã do Norte para cumprimento do mandado.

O suspeito foi localizado conduzindo uma motocicleta no momento em que chegava a uma residência, ocasião em que foi dado cumprimento à ordem de prisão.

Após cumprimento do mandado de prisão, o suspeito foi conduzido até a Delegacia de Guarantã do Norte para as providências cabíveis, sendo posteriormente apresentando em audiência de custódia e colocado à disposição do Poder Judiciário.

Comentários Facebook

Destaque

Oito pessoas são presas durante Operação Integrada de Lei Seca

Oito pessoas foram presas na 46ª edição da Operação Integrada de Lei Seca em Cuiabá. As abordagens iniciaram por volta 23h30 de sexta-feira (17) na Avenida Getúlio Vargas e 100 veículos foram fiscalizados e aplicados 109 testes de alcoolemia.

Foram aplicados 11 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO), uma pelo motorista entregar o veículo a uma pessoa sem carteira nacional de habilitação, violando o artigo 310 do Código Brasileiro de Trânsito (CTB) e outras 10 por dirigirem sem habilitação.

Ao todo, foram aplicados 65 Autos de Infração de Trânsito, 21 por dirigirem sob efeito do álcool, 11 pela recusa do teste de alcoolemia, os 10 sem CNH, 15 por dirigirem veículo sem registro ou não licenciado e 8 por outros motivos.

Foram 44 veículos removidos, sendo 39 carros e 5 motocicletas. Vinte e quatro CNH foram recolhidas e um documento do veículo.

Em Cuiabá, a operação Lei Seca foi realizada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI/Sesp), Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), Detran, Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) e a policiais penais do Serviço de Operações Especiais Penitenciárias (SOE).

Leia Também:  Dentista é agredida por seguranças e denuncia marido como mandante

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA