Destaque

Inscrições para cursos de cabeleireiro e barbeiro seguem até sexta (22)

A Prefeitura de Rondonópolis está oferecendo gratuitamente uma oportunidade para quem deseja se qualificar e atuar no ramo da beleza masculina e feminina. As inscrições para os cursos de cabeleireiro e barbeiro estão abertas até sexta-feira (22) e os interessados devem procurar uma unidade do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) ou a Secretaria Municipal de Ciência Tecnologia e Inovação (Seciti).

No curso de cabeleireiro os alunos vão aprender técnicas de corte tanto em modelos masculinos quanto femininos. São 15 vagas reservadas para a formação de duas turmas que vão frequentar as aulas na sede da Cáritas Diocesana de Rondonópolis. O curso tem uma carga de 400 horas e está previsto para começar na próxima segunda-feira (25).

Os interessados em fazer o curso de barbearia podem se dirigir até a Vila Olímpica, mesmo local onde serão realizadas as aulas. Para esta modalidade estão reservadas 20 vagas. As inscrições também podem ser feitas por meio dos Cras ou direto na Vila que fica na Cidade Salmen.

Leia Também:  Cronograma de vacinação da próxima semana tem reforço, segundas e primeira dose

Podem participar dos cursos homens e mulheres com mais de 18 anos, estar frequentando ou já ter concluído o ensino médio, além de apresentar documento pessoal de identificação e comprovante de residência. Planejado com aulas teóricas e práticas, as oficinas serão ministradas por profissionais com vasta experiência no mercado e ampla qualificação.

Mais informações podem ser obtidas pessoalmente na Cáritas Diocesana e pelo telefone 3421-4361 ou na Vila Olímpica e também pelo telefone 3411-5131.

Fonte: Rafael Vicentini – Gabinete de Comunicação

Comentários Facebook

Brasil

Decreto cria verbas para pagar Auxílio Brasil de R$ 400 em dezembro

A edição extra do Diário Oficial da União (DOU) de terça-feira (7) trouxe o texto da medida provisória (MP) 1.076 de 2021, que antecipa o pagamento do novo valor do Auxílio Brasil – programa social de distribuição de renda que substitui o antigo Bolsa Família.

O instrumento cria um benefício extraordinário que complementa as parcelas já previstas do Auxílio Brasil para o valor de R$ 400 divulgado pelo governo. A manobra ocorre devido à necessidade de promulgação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios, que deverá ser fatiada e que possibilitará a alocação de recursos para o pagamento integral do Auxílio Brasil.

Segundo o calendário de pagamentos já divulgado pela Caixa, os créditos relativos à parcela de dezembro do Auxílio Brasil serão recebidos a partir da próxima sexta-feira (10).

Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro comentou sobre a PEC dos Precatórios e afirmou que o instrumento não é “calote”, mas uma forma viável de realocar dívidas em prol de uma revisão justa de benefícios sociais.

Leia Também:  Cronograma de vacinação da próxima semana tem reforço, segundas e primeira dose

“[A PEC dos Precatórios] não é um calote, muito pelo contrário. É uma renegociação, um alongamento de dívida para quem tinha mais de R$ 600 mil para receber do governo. É isso que nos permite um saldo, um espaço, para potencializar com justiça o programa”, disse o presidente durante a cerimônia de assinatura da concessão de frequências do 5G no Palácio do Planalto.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA