Política Cuiabá

“Lagoa precisa receber tratamento de esgoto adequado”, cobra Toninho de Souza

O vereador Toninho de Souza (PSD) esteve na manhã desta terça-feira (22), visitando o Parque das Águas, na região do Centro Político e Administrativo (CPA), em Cuiabá. O local foi concebido com a missão de tornar-se uma referência em termos de lazer para a população cuiabana e também ponto de visitação dos mato-grossenses.
O parlamentar cobrou urgência no problema relacionado ao tratamento de esgoto que é despejado por diversos órgãos públicos do governo de Mato Grosso na Lagoa Paiaguás. Segundo Toninho de Souza ele está lutando, em parceria com a Prefeitura de Cuiabá, para que o problema seja resolvido.
“Aqui é um lugar lindo, bem estruturado, mas o local enfrenta dificuldades em relação ao esgoto que é jogado na Lagoa Paiáguas, para que tudo esteja 100%&nbsp é preciso que o esgoto que cai na lagoa seja tratado. Nós estamos na luta em parceria com a Prefeitura de Cuiabá para que esse tratamento aconteça o quanto antes, inclusive já houve uma interdição do local”, explicou.
Desde a inauguração do Parque das Águas, os freqüentadores do local reclamam do mau cheiro que vem da lagoa, cuja água precisa de tratamento. “Nós precisamos ter o local bonito, mas com um ambiente saudável, para que a população possa andar com tranqüilidade, sem incômodos, está é a nossa luta”, finalizou.
Termo de Ajustamento de Conduta (TAC)
O secretário municipal de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa, no fim de abril do ano passado chegou a determinar a concretagem da tubulação que vinha lançando os dejetos sem tratamento na lagoa.
No dia 02 maio, foi firmado um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), estabelecendo o prazo máximo de seis meses para que o Estado regularizasse o lançamento dos efluentes de todas as edificações de sua responsabilidade na rede pública do sistema de esgotamento sanitário do CPA.
O prazo inicial previsto para o final de dezembro do ano passado foi prorrogado para fevereiro próximo.
Verônica Rakel
Assessoria de Imprensa

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook

Política Cuiabá

CCJR analisa novos projetos nesta quarta

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Câmara Municipal de Cuiabá fará mais uma reunião remota na manhã desta quarta-feira (22), a partir das 10h30, para analisar nove projetos de lei de autoria dos próprios parlamentares.

A comissão é presidida pelo vereador Lilo Pinheiro (PDT), tendo como vice-presidente Juca do Guaraná Filho (MDB) e Wilson Kero Kero (Podemos) como membro.

Dentre a pauta, consta o projeto de lei de autoria do vereador Misael Galvão (PTB), presidente do legislativo cuiabano, que apresenta um substitutivo ao processo legislativo nº 1.136/2019 em tramitação na Casa de Leis. O processo em destaque dispõe sobre a classificação de atividades de baixo risco para o desenvolvimento de atividade econômica no município de Cuiabá, em consonância com a Lei Federal que institui a declaração de direitos e liberdade econômica.

Outro projeto que será analisado pela CCJR é o projeto de lei de autoria do vereador Marcelo Bussiki (DEM) que dispõe sobre a isenção das taxas de concursos públicos e processos seletivos municipais aos prestadores de serviço voluntário e dá outras providências.

Será analisado ainda o projeto que torna obrigatório a instalação de dispositivos de sinalização com tradução para dois idiomas em órgãos e prédios da administração municipal, de autoria do vereador Adilson Levante (PSB).

Jean Estevan / Câmara Municipal de Cuiabá

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA