Estadual

Motorista de aplicativo se finge de morta para escapar de assalto

Uma motorista de aplicativo, identificada pelas iniciais M.G.A., teve que se fingir de morta para escapar de um assalto na noite de sexta-feira (23), em Tangará da Serra (a 250 km de Cuiabá). Três dos quatro bandidos que participaram do crime foram presos neste sábado (24).

A mulher atendeu uma corrida, e, ao chegar no local, embarcaram os 4 homens. Logo no início, ela foi imobilizada e um dos bandidos assumiu a direção de seu HB-20 branco, enquanto os comparsas a torturavam nos fundos do carro.

No trajeto, a vítima fingiu estar morta após uma tentativa de enforcamento e foi jogada no Rio Sepotuba. Os bandidos, então, fugiram.

A motorista pediu ajuda em uma propriedade rural e a polícia foi acionada.

O carro dela foi recuperado já neste sábado (24), no bairro Barcelona. Houve perseguição e troca de tiros. O carro atingiu uma árvore na ação e três criminosos foram presos após certo em uma região de mata. Nenhum deles ficou ferido.

O celular da mulher, que também havia sido levado, foi recuperado com os bandidos.

Leia Também:  Dentista é agredida por seguranças e denuncia marido como mandante

O crime é investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Raul Bradock – Repórter MT

Comentários Facebook

Destaque

Oito pessoas são presas durante Operação Integrada de Lei Seca

Oito pessoas foram presas na 46ª edição da Operação Integrada de Lei Seca em Cuiabá. As abordagens iniciaram por volta 23h30 de sexta-feira (17) na Avenida Getúlio Vargas e 100 veículos foram fiscalizados e aplicados 109 testes de alcoolemia.

Foram aplicados 11 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO), uma pelo motorista entregar o veículo a uma pessoa sem carteira nacional de habilitação, violando o artigo 310 do Código Brasileiro de Trânsito (CTB) e outras 10 por dirigirem sem habilitação.

Ao todo, foram aplicados 65 Autos de Infração de Trânsito, 21 por dirigirem sob efeito do álcool, 11 pela recusa do teste de alcoolemia, os 10 sem CNH, 15 por dirigirem veículo sem registro ou não licenciado e 8 por outros motivos.

Foram 44 veículos removidos, sendo 39 carros e 5 motocicletas. Vinte e quatro CNH foram recolhidas e um documento do veículo.

Em Cuiabá, a operação Lei Seca foi realizada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI/Sesp), Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), Detran, Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) e a policiais penais do Serviço de Operações Especiais Penitenciárias (SOE).

Leia Também:  PM prende suspeitos de sequestrar e matar ex-jogador de futebol

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA