Mato Grosso

MT Hemocentro realiza “Coleta Extraordinária” neste sábado

Com objetivo de convocar doadores novos ou já fidelizados, o MT Hemocentro realizará a “Coleta Extraordinária” no próximo sábado (26.01). A ação visa contribuir para o aumento do estoque de sangue em Mato Grosso, já que o número de doações diminui em até 50% durante o período de férias.

Entretanto, nesta época aumenta o número de acidentes e cirurgias realizadas. Logo, os bancos de sangue necessitam do apoio da população para repor os seus estoques.

Gerente de doação do MT Hemocentro, Gian Carla Zanela destaca a importância da coleta. “Precisamos aumentar consideravelmente o número de pessoas fidelizadas, além de aumentar o estoque de sangue, pois essa época é extremamente critica”, disse. 

As doações da “Coleta Extraordinária” poderão ser feitas das 7h30 às 12h, na unidade que está localizada na Rua 13 de Junho, número 1055, no bairro Porto em Cuiabá.

Requisitos

É necessário atender a alguns requisitos para tornar-se um doador de sangue. O candidato deve ter entre 16 e 69 anos, estar com a saúde em dia e com peso igual ou superior a 51 quilos. Na véspera, é recomendado que o doador tenha um boa noite de sono e evite alimentos gordurosos.

Leia Também:  TCE rejeita denúncia e libera prefeitura a gastar R$ 1,8 milhão com insulfilm

Bebidas alcoólicas e cigarros devem ser evitados durante as 12 horas que antecedem a doação. Pessoas com idade inferior a 18 anos devem estar acompanhadas de um responsável, que poderá autorizar o ato de doação.

MT Hemocentro

O MT Hemocentro é coordenador e referência em hematologia e hemoterapia em Mato Grosso e atende à demanda sanguínea dos prontos-socorros de Cuiabá e de Várzea Grande, do Hospital Universitário Júlio Müller, do Hospital Municipal São Benedito e do Hospital Metropolitano de Várzea Grande. O Hemocentro também é suporte para as 16 unidades de Coleta e Transfusão distribuídas na Hemorrrede Estadual. Para mais informações, entre em contato pelo número (65) 3623-0044.

Comentários Facebook

Agricultura

Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

Lideranças femininas do setor agropecuário de Mato Grosso embarcaram hoje (10.08) para uma visita técnica em Brasília. Ao longo dos próximos dias, um grupo com 40 mulheres visitará a Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA), a sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Instituto Pensar Agro (IPA), entre outras instituições na capital federal.

As atividades fazem parte da programação da Academia de Liderança – Mulheres Líderes do Agro, a primeira organizada pelo Senar-MT exclusivamente ao público feminino. Ao todo, serão três encontros, de julho a setembro. Nesta segunda etapa, que ocorre em Brasília, as mulheres conhecerão mais sobre a atuação das instituições visitadas, seus representantes e a estrutura dos poderes executivo, legislativo e judiciário.

A Academia de Liderança reúne produtoras rurais, lideranças sindicais e mulheres que trabalham no setor agropecuário. O objetivo é formar líderes que possam atuar nas mais diversas esferas que envolvem a agropecuária no estado e impulsionar ainda mais o seu desenvolvimento.

No primeiro módulo, que ocorreu em Cuiabá, as participantes aprenderam mais sobre atuação política no agro e autoconhecimento e propósito. Além disso, tiveram a oportunidade de conhecer as áreas de atuação de cada uma das instituições do Sistema Famato: o Senar-MT, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Instituto Agrihub, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e os Sindicatos Rurais.

Leia Também:  Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

Essa é a primeira visita técnica da Academia de Liderança, após o início da pandemia de Covid-19. “Esse momento foi muito aguardado, a pandemia adiou o nosso projeto, mas finalmente conseguimos realizá-lo e estamos muito felizes em poder reunir e fortalecer as mulheres do nosso setor”, afirmou o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA