Mato Grosso

Municípios tem até 15 de fevereiro para aderir ao Programa Saúde na Escola

As escolas públicas mato-grossenses tem até o dia 15 de fevereiro para aderir ao proximo ciclo do Programa Saúde na Escola (PSE). A Secretaria de Estado de Saúde é parceira do Governo Federal nesse projeto que fortalece a atenção integração das crianças e dos adolescentes.

O último ciclo do PSE, realizado entre 2017 e 2018, contou com a participação de 1.273 escolas de 136 municípios mato-grossenses, sendo 888 escolas consideradas prioritárias e integradas às áreas de maior vulnerabilidade social.

De acordo com a coordenadora responsável pelo programa em Mato Grosso, Sirley Lima, o PSE contribui para a formação integral dos estudantes. “São desenvolvidas ações de prevenção e atenção à saúde, com vistas ao enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem as crianças e os jovens da rede pública de ensino.”

Os municípios que aderirem ao PSE devem promover ações de orientação na área da saúde, como: prevenção ao uso de drogas, avaliação da saúde bucal, atualização de vacinas e instrução sobre os direitos sexuais e reprodutivos. Dentre as principais ações também estão campanha de combate ao mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zica, além de prevenção do tracoma (doença que afeta os olhos), hanseníase e verminoses.

Leia Também:  Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

O município de Porto Alegre do Norte (MT) é um exemplo do sucesso do PSE. A cidade conta com quatro unidades de saúde urbana e uma unidade rural – todas elas integralmente empenhadas nas ações do Saúde na Escola.

“Estamos adaptando cada ação trabalhada para faixa etária e utilizamos vídeos que chamam a atenção dos alunos para cada tema abordado”, diz a enfermeira Anara Freitas, que atua na região.

Serviço

Para realizar a adesão ao Programa Saúde na Escola, cada secretário municipal de Saúde deve assinar um termo de compromisso e realizar todas as ações previstas pelo programa.

Mais informações sobre o Programa podem ser obtidas pelo número (65) 3613-5415, pelo e-mail pse@ses.mt.gov.br ou ainda pelo portal http://dab.saude.gov.br/portaldab/pse.php. O acesso deve ser feito com CPF e senha cadastrado como perfil de “gestor municipal”, vinculado ao “módulo PSE”. Caso o gestor não tenha acesso habilitado ou perfil no módulo PSE, o município deverá gerenciar o cadastro com o CNPJ e a senha do FMS.

Comentários Facebook

Agricultura

Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

Lideranças femininas do setor agropecuário de Mato Grosso embarcaram hoje (10.08) para uma visita técnica em Brasília. Ao longo dos próximos dias, um grupo com 40 mulheres visitará a Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA), a sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Instituto Pensar Agro (IPA), entre outras instituições na capital federal.

As atividades fazem parte da programação da Academia de Liderança – Mulheres Líderes do Agro, a primeira organizada pelo Senar-MT exclusivamente ao público feminino. Ao todo, serão três encontros, de julho a setembro. Nesta segunda etapa, que ocorre em Brasília, as mulheres conhecerão mais sobre a atuação das instituições visitadas, seus representantes e a estrutura dos poderes executivo, legislativo e judiciário.

A Academia de Liderança reúne produtoras rurais, lideranças sindicais e mulheres que trabalham no setor agropecuário. O objetivo é formar líderes que possam atuar nas mais diversas esferas que envolvem a agropecuária no estado e impulsionar ainda mais o seu desenvolvimento.

No primeiro módulo, que ocorreu em Cuiabá, as participantes aprenderam mais sobre atuação política no agro e autoconhecimento e propósito. Além disso, tiveram a oportunidade de conhecer as áreas de atuação de cada uma das instituições do Sistema Famato: o Senar-MT, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Instituto Agrihub, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e os Sindicatos Rurais.

Leia Também:  Passageira de ônibus é presa novamente transportando drogas

Essa é a primeira visita técnica da Academia de Liderança, após o início da pandemia de Covid-19. “Esse momento foi muito aguardado, a pandemia adiou o nosso projeto, mas finalmente conseguimos realizá-lo e estamos muito felizes em poder reunir e fortalecer as mulheres do nosso setor”, afirmou o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA