Mato Grosso

Novo presidente da Empaer quer resgatar integração com os municípios

Tomou posse nesta quinta-feira (24.01), o novo presidente da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Renaldo Loffi. Sua nomeação foi publicada no Diário Oficial do Estado na terça-feira (22.01). A solenidade ocorreu na sede da empresa, em Cuiabá, e contou com a presença do secretário adjunto de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf), Carlos Alberto Simões de Arruda.

Renaldo é técnico agropecuário e produtor rural. Trabalhou na Empaer na cidade de Sorriso durante 10 anos (1983 a 1993), foi secretário de Agricultura e Meio Ambiente do município (1993 a 2004). No governo do Estado foi secretário de Projetos Estratégicos, secretário adjunto de Agricultura e de Desenvolvimento Regional e superintendente do Consórcio Intermunicipal Alto do Teles Pires.

O novo presidente assume a Empaer no lugar de Cândido dos Santos Rosa Júnior, que atuou à frente da empresa de abril de 2018 a janeiro de 2019. Renaldo destacou que recebeu como um desafio a missão de ser presidente da Empaer e pretende tornar a empresa mais eficiente e atuante no serviço de Assistência Técnica, Extensão Rural (Ater) e inovações tecnológicas com a pesquisa.

Leia Também:  Sine MT oferta 2,9 mil vagas de emprego em 27 municípios

“Hoje estamos discutindo o rumo da empresa e como será daqui pra frente. A minha missão determinada pelo governador Mauro Mendes é resgatar a integração com a Secretaria de Agricultura nos municípios, em benefício dos 104 mil agricultores familiares do Estado de Mato Grosso. Nosso trabalho é tornar a Empaer eficiente e com resultados para o homem do campo”, esclarece.

Determinado a manter as atividades de orientação e incentivo ao desenvolvimento rural sustentável, o presidente da Empaer, Renaldo esteve reunido com técnicos da empresa na elaboração de um novo modelo de atuação para os nove escritórios regionais localizado nos municípios de Alta Floresta, Barra do Bugres, Barra do Garças, Cáceres, Cuiabá, Juína, Rondonópolis,Sinop e São Félix do Araguaia. E também, um planejamento estratégico para manter o foco em ações objetivas e bem estruturadas para toda a empresa.

Carlos Alberto afirmou que a Seaf é a parceira da Empaer e juntas vão dar continuidade aos trabalhos realizados nas cadeias produtivas, programas e projetos. “Nossa finalidade é realizar um alinhamento entre a Seaf e Empaer em busca da melhor alternativa para garantir os serviços para a agricultura familiar de Mato Grosso, comentou Arruda.

Leia Também:  Passageira de ônibus é presa novamente transportando drogas

Comentários Facebook

Agricultura

Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

Lideranças femininas do setor agropecuário de Mato Grosso embarcaram hoje (10.08) para uma visita técnica em Brasília. Ao longo dos próximos dias, um grupo com 40 mulheres visitará a Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA), a sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Instituto Pensar Agro (IPA), entre outras instituições na capital federal.

As atividades fazem parte da programação da Academia de Liderança – Mulheres Líderes do Agro, a primeira organizada pelo Senar-MT exclusivamente ao público feminino. Ao todo, serão três encontros, de julho a setembro. Nesta segunda etapa, que ocorre em Brasília, as mulheres conhecerão mais sobre a atuação das instituições visitadas, seus representantes e a estrutura dos poderes executivo, legislativo e judiciário.

A Academia de Liderança reúne produtoras rurais, lideranças sindicais e mulheres que trabalham no setor agropecuário. O objetivo é formar líderes que possam atuar nas mais diversas esferas que envolvem a agropecuária no estado e impulsionar ainda mais o seu desenvolvimento.

No primeiro módulo, que ocorreu em Cuiabá, as participantes aprenderam mais sobre atuação política no agro e autoconhecimento e propósito. Além disso, tiveram a oportunidade de conhecer as áreas de atuação de cada uma das instituições do Sistema Famato: o Senar-MT, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Instituto Agrihub, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e os Sindicatos Rurais.

Leia Também:  Jovem de 16 anos tenta atravessar rio e morre afogado

Essa é a primeira visita técnica da Academia de Liderança, após o início da pandemia de Covid-19. “Esse momento foi muito aguardado, a pandemia adiou o nosso projeto, mas finalmente conseguimos realizá-lo e estamos muito felizes em poder reunir e fortalecer as mulheres do nosso setor”, afirmou o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA