Destaque

Pitbull é sacrificado após atacar duas pessoas em MT

Fonte: Repórter MT

Duas pessoas ficaram feridas após serem atacadas por um pitbull em Pontal do Araguaia (520km de Cuiabá), durante o fim de semana.

Segundo a imprensa local, J.C.S. foi contratado para cuidar do cachorro, no entanto, após alguns dias, o pitbull ficou descontrolado ao ver o cachorro do vizinho solto na rua.

Ao tentar conter o animal, que tentava pular o muro, J.C.S, foi mordido. Um vizinho que tentou socorrer o homem também acabou sendo atacado.

O Corpo de Bombeiros foi acionado. Ao chegar no local, o cachorro ainda estava com os dentes cravados na perna do homem. Para salvar J.C.S. foi necessário um policial à paisana sacrificar o pitbull.

De acordo com o site Araguaia Noticias, no ataque o cuidador fraturou o rosto e a fíbula. Ele está internado e deve passar por cirurgia.

Já o vizinho dele, foi atendido no box de emergência onde passou por curativos e foi liberado.

“O cachorro tinha pedigree. Era um cachorro dócil e estava em casa. O que aconteceu é que o animal tentou avançar em outro cachorro do vizinho pelo muro e meu pai foi tentar segurar, mas o pitbull o atacou”, disse a filha da vítima que não quis se identificar.

Leia Também:  Homem morre após colisão entre moto e carro em Rondonópolis

A filha do cuidador pondera que diante do ocorrido, o policial fez o certo porque havia um risco do animal matar o pai dela.

Comentários Facebook

Agricultura

Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

Lideranças femininas do setor agropecuário de Mato Grosso embarcaram hoje (10.08) para uma visita técnica em Brasília. Ao longo dos próximos dias, um grupo com 40 mulheres visitará a Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA), a sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Instituto Pensar Agro (IPA), entre outras instituições na capital federal.

As atividades fazem parte da programação da Academia de Liderança – Mulheres Líderes do Agro, a primeira organizada pelo Senar-MT exclusivamente ao público feminino. Ao todo, serão três encontros, de julho a setembro. Nesta segunda etapa, que ocorre em Brasília, as mulheres conhecerão mais sobre a atuação das instituições visitadas, seus representantes e a estrutura dos poderes executivo, legislativo e judiciário.

A Academia de Liderança reúne produtoras rurais, lideranças sindicais e mulheres que trabalham no setor agropecuário. O objetivo é formar líderes que possam atuar nas mais diversas esferas que envolvem a agropecuária no estado e impulsionar ainda mais o seu desenvolvimento.

No primeiro módulo, que ocorreu em Cuiabá, as participantes aprenderam mais sobre atuação política no agro e autoconhecimento e propósito. Além disso, tiveram a oportunidade de conhecer as áreas de atuação de cada uma das instituições do Sistema Famato: o Senar-MT, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Instituto Agrihub, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e os Sindicatos Rurais.

Leia Também:  Sine MT oferta 2,9 mil vagas de emprego em 27 municípios

Essa é a primeira visita técnica da Academia de Liderança, após o início da pandemia de Covid-19. “Esse momento foi muito aguardado, a pandemia adiou o nosso projeto, mas finalmente conseguimos realizá-lo e estamos muito felizes em poder reunir e fortalecer as mulheres do nosso setor”, afirmou o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA