Destaque

Polícia Civil apreende mais 85 tabletes de maconha em chácara e incinera entorpecentes

Em novas buscas, nesta sexta-feira (15), em uma chácara em Sinop onde foram apreendidos 400 quilos de maconha pela Polícia Civil no dia anterior, a equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos localizou mais 85 tabletes da droga enterrados. O prejuízo ao crime organizado é estimado em, aproximadamente, R$ 1,5 milhão.

O entorpecente foi encaminhado para perícia na Politec, que contabilizou 460 quilos, e incinerada pela Derf de Sinop nesta sexta-feira, em fornos de uma empresa madeireira no setor industrial do município.

Os tabletes de maconha estavam enterrados em galões, no quintal de uma casa na zona rural do município. As equipes da Derf chegaram à chácara, após informações de que o local era utilizado por uma facção criminosa como depósito para guardar o material ilícito.

Com a chegada dos policiais civis, dois suspeitos, que estavam na propriedade, fugiram para uma área de mata fechada. As investigações prosseguem na Derf de Sinop para identificar os envolvidos.

Leia Também:  Sine MT oferta 2,9 mil vagas de emprego em 27 municípios

Comentários Facebook

Agricultura

Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

Lideranças femininas do setor agropecuário de Mato Grosso embarcaram hoje (10.08) para uma visita técnica em Brasília. Ao longo dos próximos dias, um grupo com 40 mulheres visitará a Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA), a sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Instituto Pensar Agro (IPA), entre outras instituições na capital federal.

As atividades fazem parte da programação da Academia de Liderança – Mulheres Líderes do Agro, a primeira organizada pelo Senar-MT exclusivamente ao público feminino. Ao todo, serão três encontros, de julho a setembro. Nesta segunda etapa, que ocorre em Brasília, as mulheres conhecerão mais sobre a atuação das instituições visitadas, seus representantes e a estrutura dos poderes executivo, legislativo e judiciário.

A Academia de Liderança reúne produtoras rurais, lideranças sindicais e mulheres que trabalham no setor agropecuário. O objetivo é formar líderes que possam atuar nas mais diversas esferas que envolvem a agropecuária no estado e impulsionar ainda mais o seu desenvolvimento.

No primeiro módulo, que ocorreu em Cuiabá, as participantes aprenderam mais sobre atuação política no agro e autoconhecimento e propósito. Além disso, tiveram a oportunidade de conhecer as áreas de atuação de cada uma das instituições do Sistema Famato: o Senar-MT, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Instituto Agrihub, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e os Sindicatos Rurais.

Leia Também:  Agricultura leva feira de pequenos produtores e Vitrine Tecnológica para a 48ª Exposul

Essa é a primeira visita técnica da Academia de Liderança, após o início da pandemia de Covid-19. “Esse momento foi muito aguardado, a pandemia adiou o nosso projeto, mas finalmente conseguimos realizá-lo e estamos muito felizes em poder reunir e fortalecer as mulheres do nosso setor”, afirmou o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA