Mato Grosso

Polícia Civil prende cinco pessoas com 42 quilos de pasta base de cocaína na região de fronteira

A Polícia Civil, em ação da Delegacia de Pontes e Lacerda (499 km ao norte de Cuiabá), prendeu em flagrante na tarde de terça-feira (12.07) um grupo de pessoas envolvido com tráfico de drogas, que realizaria o transporte de mais de 40 tabletes de pasta base de cocaína na região de fronteira do Estado.

Cinco pessoas, sendo quatro homens e uma mulher, foram presas em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. A ação resultou ainda na apreensão de dois veículos, um Chevrolet Onix e um Fiat Pálio, que seriam utilizados para transportar a droga.

Os policiais da Delegacia de Pontes e Lacerda possuíam informações de que um dos suspeitos teria grande quantidade de entorpecentes em sua residência e iria realizar o transporte da droga. Com base nas informações foi realizado o acompanhamento do investigado, conseguindo flagrar o momento em que ele se encontrou com comparsas para o abastecimento dos veículos.

Os policiais realizaram a abordagem dos investigados sendo visualizado no banco de trás do veículo Fiat Palio, duas sacolas com 41 tabletes de pasta base de cocaína, totalizando 42 quilos da droga, avaliada em R$ 1.050.000,00.

Leia Também:  Mãe chega em casa e encontra homem nu deitado ao lado da filha; suspeito foi detido por tentativa de estupro

Diante dos fatos, todo material ilícito foi apreendido e os cinco suspeitos que estavam na casa conduzidos à Delegacia de Pontes e Lacerda, onde, após serem interrogados, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

A apreensão contou com apoio da Delegacia Especial de Fronteira (Defron).

Comentários Facebook

Agricultura

Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

Lideranças femininas do setor agropecuário de Mato Grosso embarcaram hoje (10.08) para uma visita técnica em Brasília. Ao longo dos próximos dias, um grupo com 40 mulheres visitará a Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA), a sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Instituto Pensar Agro (IPA), entre outras instituições na capital federal.

As atividades fazem parte da programação da Academia de Liderança – Mulheres Líderes do Agro, a primeira organizada pelo Senar-MT exclusivamente ao público feminino. Ao todo, serão três encontros, de julho a setembro. Nesta segunda etapa, que ocorre em Brasília, as mulheres conhecerão mais sobre a atuação das instituições visitadas, seus representantes e a estrutura dos poderes executivo, legislativo e judiciário.

A Academia de Liderança reúne produtoras rurais, lideranças sindicais e mulheres que trabalham no setor agropecuário. O objetivo é formar líderes que possam atuar nas mais diversas esferas que envolvem a agropecuária no estado e impulsionar ainda mais o seu desenvolvimento.

No primeiro módulo, que ocorreu em Cuiabá, as participantes aprenderam mais sobre atuação política no agro e autoconhecimento e propósito. Além disso, tiveram a oportunidade de conhecer as áreas de atuação de cada uma das instituições do Sistema Famato: o Senar-MT, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Instituto Agrihub, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e os Sindicatos Rurais.

Leia Também:  Passageira de ônibus é presa novamente transportando drogas

Essa é a primeira visita técnica da Academia de Liderança, após o início da pandemia de Covid-19. “Esse momento foi muito aguardado, a pandemia adiou o nosso projeto, mas finalmente conseguimos realizá-lo e estamos muito felizes em poder reunir e fortalecer as mulheres do nosso setor”, afirmou o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA