Destaque 2

Polícia Civil prende homem que tentava dar golpe em agência bancária de Sinop

Um homem que tentava aplicar um golpe em uma agência bancária, situada no centro da cidade de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá), foi preso pela Polícia Civil do município na tarde de terça-feira (04.08).

A ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) resultou também na apreensão de 150 peças de carne bovina de diferentes marcas, um veículo e vários cartões bancários de diversas bandeiras.

O suspeito de 31 anos foi preso e autuado em flagrante pelos crimes de estelionato e uso de documento falso.

Os policiais civis foram acionados pela gerente do Banco Sicredi, informando que um rapaz estaria no local tentando abrir uma conta. No entanto, durante o procedimento o sistema do banco emitiu um sinal de alerta de possível fraude nos documentos.

Ainda segundo a gerente, o suspeito tentou adquirir uma linha de crédito no valor de R$ 200 mil, porém, devido à constatação da fraude, o pedido de abertura da conta e a linha de crédito foram negados.

Leia Também:  PM apreende celulares e equipamentos que seriam entregues na Mata Grande; o motorista foi preso

Os investigadores checaram dados do suspeito e constataram se tratar de uma pessoa com passagens criminais. Foram verificados também que o documento de identidade (RG) era falso e o número do CPF apresentado era inválido.

Com base nos fatos, a equipe da Derf de Sinop fez a abordagem do suspeito, que acabou confessando que havia falsificado os dados para abrir a conta bancária. Ao ser entrevistado, ele contou que trabalhava com revendas online de carnes de alto valor.

Perguntado sobre a procedência da mercadoria que comercializa, o suspeito revelou que não possuía nenhuma autorização para revenda e nem nota fiscal dos produtos. Na casa dele, os investigadores encontraram 150 peças de carne acondicionadas dentro do freezer, que foram apreendidas.

Diante do flagrante, o suspeito foi levado para a delegacia onde foi interrogado e autuado pelos crimes de estelionato e uso de documento falso. Ele também poderá ser indiciado por receptação.

Comentários Facebook

Destaque

Oito pessoas são presas durante Operação Integrada de Lei Seca

Oito pessoas foram presas na 46ª edição da Operação Integrada de Lei Seca em Cuiabá. As abordagens iniciaram por volta 23h30 de sexta-feira (17) na Avenida Getúlio Vargas e 100 veículos foram fiscalizados e aplicados 109 testes de alcoolemia.

Foram aplicados 11 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO), uma pelo motorista entregar o veículo a uma pessoa sem carteira nacional de habilitação, violando o artigo 310 do Código Brasileiro de Trânsito (CTB) e outras 10 por dirigirem sem habilitação.

Ao todo, foram aplicados 65 Autos de Infração de Trânsito, 21 por dirigirem sob efeito do álcool, 11 pela recusa do teste de alcoolemia, os 10 sem CNH, 15 por dirigirem veículo sem registro ou não licenciado e 8 por outros motivos.

Foram 44 veículos removidos, sendo 39 carros e 5 motocicletas. Vinte e quatro CNH foram recolhidas e um documento do veículo.

Em Cuiabá, a operação Lei Seca foi realizada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI/Sesp), Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), Detran, Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) e a policiais penais do Serviço de Operações Especiais Penitenciárias (SOE).

Leia Também:  Governo assina contrato para início da construção da 1° Ferrovia Estadual de MT na segunda-feira (20)

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA