Policial

Polícia Civil prende pastor por assédio sexual a criança em Poconé

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil de Poconé prendeu na terça-feira (08) um pastor evangélico suspeito de assediar uma criança de 12 anos de idade.

O suspeito identificado como J.F.A, 25, foi denunciado pela mãe de uma menina relatando que ele estaria mandando mensagens assediando sua filha por meio de um aplicativo de mensagens (whatsapp).

Segundo a mãe da menor, a vítima tinha hábito de frequentar cultos celebrados pelo pastor. O homem conduzia orações nas cidades de Poconé e também Nossa Senhora do Livramento.

Assim que tomou conhecimento das mensagens, os investigadores saíram em diligência e localizaram o acusado na residência em que costumava realizar as celebrações religiosas, no bairro Bom Pastor (Rua Niterói).

Em checagem ao aparelho celular do acusado foram encontradas diversas fotos íntimas da vítima sem roupa, e também fotos do suspeito nu, que foram enviadas para a vítima.

Diante da situação foi lavrado o flagrante pelo assédio sexual. Na delegacia foi arbitrada a fiança de 03 salários mínimos, que não foi paga. O detido será encaminhado para audiência de custódia.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre mandados contra grupo envolvido em execução de empresário

O caso segue em investigação pela Polícia Civil de Poconé.

Comentários Facebook

Destaque

Corpo de homem é encontrado com facas cravadas no pescoço em Rondonópolis

O corpo de um homem foi encontrado na manhã desta quarta-feira (10) com duas facadas cravadas no pescoço em sua residência, na Vila Itamaraty, em Rondonópolis (MT).

Segundo informações, o homem havia acabado de vender uma área na zona rural.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local e constatou o óbito.

O caso já está sendo investigado.

Comentários Facebook
Leia Também:  Veículo roubado no Rio de Janeiro é recuperado em Rondonópolis
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA