Destaque

Polícia Militar prende suspeito e recupera 48 cabeças de gado furtadas em fazenda

Policiais militares do 7º Comando Regional prenderam um homem (idade não informada) por roubo e furto de gado, na tarde deste domingo (17.10), na rodovia estadual MT-358, no município de Tangará da Serra. Na ação, a Polícia Militar apreendeu dois caminhões e recuperou 48 animais.

Por volta das 17h40, a equipe da PM de motopatrulhamento na MT-358 se deparou com um caminhão boiadeiro atravessado na pista. Os policiais fizeram a abordagem e identificaram que havia animais vivos e oito já abatidos sendo transportados no veículo.

A polícia constatou que o gado havia sido furtado de uma propriedade rural da cidade de Campos de Júlio. O motorista do veículo relatou que a quadrilha estava dividida em três caminhões boiadeiros.

A PM prosseguiu com diligências na região e encontrou o segundo caminhão, na MT–339, no Assentamento Antônio Conselheiro. Os suspeitos fugiram quando a viatura se aproximou. Nos dois caminhões boiadeiros foram recuperados 48 animais. O proprietário do gado foi localizado e os animais foram devolvidos à vítima. A ocorrência contou com o apoio dos policiais da Patrulha Rural.

Leia Também:  Autor de feminicídio contra ex-mulher é preso em flagrante pela Polícia Civil

A PM apreendeu os caminhões e encaminhou os veículos para o pátio da Delegacia da Polícia Judiciária Civil. O motorista do primeiro caminhão abordado foi preso e conduzido para a Central de Flagrantes em Tangará da Serra.

Comentários Facebook

Brasil

Decreto cria verbas para pagar Auxílio Brasil de R$ 400 em dezembro

A edição extra do Diário Oficial da União (DOU) de terça-feira (7) trouxe o texto da medida provisória (MP) 1.076 de 2021, que antecipa o pagamento do novo valor do Auxílio Brasil – programa social de distribuição de renda que substitui o antigo Bolsa Família.

O instrumento cria um benefício extraordinário que complementa as parcelas já previstas do Auxílio Brasil para o valor de R$ 400 divulgado pelo governo. A manobra ocorre devido à necessidade de promulgação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios, que deverá ser fatiada e que possibilitará a alocação de recursos para o pagamento integral do Auxílio Brasil.

Segundo o calendário de pagamentos já divulgado pela Caixa, os créditos relativos à parcela de dezembro do Auxílio Brasil serão recebidos a partir da próxima sexta-feira (10).

Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro comentou sobre a PEC dos Precatórios e afirmou que o instrumento não é “calote”, mas uma forma viável de realocar dívidas em prol de uma revisão justa de benefícios sociais.

Leia Também:  Indea apreende 39 caminhões de madeira irregular no mês de novembro

“[A PEC dos Precatórios] não é um calote, muito pelo contrário. É uma renegociação, um alongamento de dívida para quem tinha mais de R$ 600 mil para receber do governo. É isso que nos permite um saldo, um espaço, para potencializar com justiça o programa”, disse o presidente durante a cerimônia de assinatura da concessão de frequências do 5G no Palácio do Planalto.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA