Policia

Policiais civis prendem foragido da Justiça e recuperam celular roubado em Rondonópolis

Policiais civis da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), efetuaram a prisão de um homem procurado pelo Justiça e recuperaram um aparelho celular roubado.

As duas ações distintas foram realizadas na terça-feira (28.06), durante trabalho investigativo da Derf de Rondonópolis, visando apurar crimes e combater a criminalidade na região.

Os policiais civis realizavam diligências para esclarecer o roubo em um estabelecimento comercial, quando identificaram que um dos celulares roubados estava em uma residência no bairro Jardim Pindorama.

A equipe foi até o endereço onde foram recebidos pela moradora e o seu filho, o qual segurava o aparelho nas mãos. Em seguida foi feita a checagem do objeto e constatado tratar do celular roubado.

Ao ser pergunto sobre a procedência do aparelho, o jovem demonstrou nervosismo e inicialmente disse que teria comprado de um amigo, e depois mudou a versão dizendo que havia adquirido através da rede social.

Diante dos fatos, o suspeito foi encaminhado para esclarecimentos. Após ser ouvido na Derf de Rondonópolis, ele foi autuado em flagrante pelo crime de receptação.

Leia Também:  Supostos organizadores do Dia do Fogo são alvos de operação em Colniza

Outra ação

Um homem de 37 anos procurado pela Justiça pelo crime de roubo, foi localizado pelos policiais civis em uma residência no bairro Luz d yara, em Rondonópolis.

Em cumprimento ao mandado de prisão, ele foi conduzido até a Derf de Rondonópolis para as providências cabíveis e posteriormente colocado à disposição do Poder Judiciário.

Comentários Facebook

Destaque

Três criminosos morrem em confronto com a PM

Três suspeitos de terem cometido um assassinato no fim de semana em Sorriso, morreram em confronto com a polícia na manhã desta segunda-feira segunda-feira (15/08), no bairro Novo Horizonte 3.

A polícia informou que foram ao imóvel depois de uma denúncia e foi recebida a tiros.

Segundo consta no boletim de ocorrências, quando os policiais chegaram residência perceberam que os suspeitos estavam portando armas de fogo e que ao visualizarem a equipe policial apontaram as armas em direção dos policiais, então, diante da iminente e injusta agressão foram realizados disparos de arma de fogo em direção aos suspeitos até cessar a ação dos indivíduos, sendo desarmados.

Neste momento foi percebido que o suspeito Bruno Dutra portava uma arma de fogo do tipo pistola, Josiel Lima da Silva e Júlio Cesar Menezes da Cruz um revólver cada.

Posteriormente, foi acionado a equipe do corpo de bombeiros militar, que socorreram os suspeitos e encaminharam ao Hospital Regional de Sorriso, mas não resistiram aos ferimentos

Leia Também:  Supostos organizadores do Dia do Fogo são alvos de operação em Colniza

Os mortos são Júlio Cézar Menezes da Cruz, 20 anos, Bruno Dutra, 17, e Josiel Lima da Silva, de 16 anos.

Na casa, foram apreendidas três armas, 33 munições e porções de drogas, além das roupas que o trio usava quando cometeram o crime.

Uma quarta pessoa, também suspeita de participar do homicídio, está foragida.

MORTE NA TANGARÁ

O homicídio foi registrado na madrugada de sábado (13/08), em um conjunto de quitinetes, na região leste do município.

A vítima foi identificada como Israel Oliveira da Cruz, de 22 anos, e tinha três perfurações de arma de fogo.

Imagens capturadas por câmeras de segurança ajudaram a polícia a identificar os suspeitos.

A polícia investiga.

Fonte: G1/JKNotícias

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA