Sem categoria

Saúde Mental comemora promulgação de projeto de Dr. Xavier que beneficia pacientes sem recursos

font color”212121″ face”arial, sans-serif”>Sancionado pelo presidente da Câmara, projeto de autoria do parlamentar vira lei e estabelece gratuidade no sistema de transporte coletivo urbano a pessoas acometidas de transtorno mental. Dr. Xavier acentua que muitos pacientes desistiam do tratamento por falta de recursos para bancar os deslocamentos até os CAP(s)&nbsp

Após intenso debate realizado em 2018 com a sociedade civil da capital, por meio de audiências públicas, discussões em plenário e, também, em reuniões regionais, o vereador Dr. Xavier pôde finalmente comemorar a homologação de seu projeto de lei parlamentar, formatado para beneficiar pessoas acometidas de transtorno mental.&nbsp Elas agora dispõem de plena gratuidade no sistema de transporte coletivo da capital, ressaltou.&nbsp “Esse era um dos fatores que dificultavam a continuidade do tratamento nos CAP(s)”, pontuou.&nbsp

“A lei (nº 6.341, de 04.01.2019) vem consolidar a gratuidade no transporte coletivo aos pacientes acometidos de transtorno mental. Os CAP(s), mesmo receptivos e estruturados para atender todos os pacientes, têm registrado percentual preocupante de desistência nos últimos tempos. Intrigados, os servidores dessas unidades realizaram enquetes informais com os pacientes para saber o porquê disso. Levantou-se que o motivo principal reside mesmo na falta de recursos. A maioria é composta por pessoas humildes e sem posses para bancar tantas passagens”.&nbsp

Dr. Xavier: “Maioria dos que buscam tratamento nos CAP(s) não dispõe de recursos necessários para bancar seu sustento diário. O orçamento fica sobrecarregado quando precisam gastar com passagens”

O vereador citou que alguns pacientes residem no setor periférico da capital, e para serem atendidos são obrigados a cruzar toda a cidade. “Os CAP(s) registram pacientes que moram na região do Grande Pedra 90 e saem de lá para serem atendidos na unidade do CPA ou no Grande Terceiro, por exemplo. Vai e vem que implica em custos altíssimos para quem já luta com dificuldades até para bancar seu sustento diário e dos familiares”.

Conforme o parlamentar, a aprovação do seu projeto de lei representa também a vitória de toda a população cuiabana, em particular dos pacientes com transtorno mental. “Agradeço a participação de todas as instituições que nos apoiaram quando da realização das reuniões e audiências públicas com essa finalidade. Hoje, comemoramos a promulgação da lei nº 6.341, que vem assegurar um benefício tão necessário àqueles que precisam recorrer aos CAP(s) regularmente. Nenhum deles pagará mais sequer um centavo de passagens”.

João Carlos de Queiroz – Assessoria de Gabinete – Vereador Dr. Xavier
&nbsp

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook

Sem categoria

Inscrições para o Enem 2022 começam na terça-feira

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começam nesta terça-feira (10) e podem ser realizadas até o dia 21 de maio. Pela primeira vez, os interessados em participar do exame poderão efetuar o pagamento da taxa de inscrição por meio de PIX e cartão de crédito.

O resultado dos recursos para isenção da taxa de inscrição já está disponível na Página do Participante. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) ressalta que a aprovação dos pedidos não garante a inscrição no exame.

A taxa de inscrição para o Enem 2022, versões digital ou impressa, foi mantida no valor de R$ 85. O período para efetuar o pagamento se encerra em 27 de maio. A participação no exame apenas será garantida apenas após a confirmação do pagamento da taxa.

O pagamento da taxa de inscrição também poderá ser feito por meio do tradicional boleto, que deve ser gerado na Página do Participante e pago em qualquer banco, casa lotérica, aplicativos bancários ou agência dos Correios, obedecendo aos critérios estabelecidos por esses correspondentes bancários e respeitando os horários de compensação.

Já os interessados em fazer o Enem 2022 que obtiveram a isenção da taxa devem realizar a inscrição na Página do Participante, mas não precisam efetuar o pagamento para confirmar a participação.

Provas

As provas serão realizadas nos dias 13 e 20 de novembro. A aplicação dos testes impressos seguirá o horário de Brasília. A abertura dos portões será às 12h, e o fechamento às 13h. O início das provas será às 13h30. No primeiro dia de Enem, o término das provas será às 19h. No segundo dia de testes, às 18h30.

O exame será constituído de quatro provas objetivas e uma redação em língua portuguesa. Cada prova objetiva terá 45 questões de múltipla escolha.

No primeiro dia do exame, serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e redação (língua Portuguesa, literatura, língua estrangeira, artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação); e de ciências humanas e suas tecnologias (história, geografia, filosofia e sociologia).

A aplicação terá 5 horas e 30 minutos de duração, contadas a partir da autorização do chefe de sala para o início das provas.

No segundo dia do exame, serão aplicadas as provas de ciências da natureza (química, física e biologia) e matemática e suas tecnologias. A aplicação terá 5 horas de duração, contadas a partir da autorização do chefe de sala para o início das provas.

Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados no Portal do Inep, até o terceiro dia útil após o último dia de aplicação.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA