Mato Grosso

Seis são presos por roubo em transportadora no Distrito Industrial

Uma ação que empregou mais 10 policiais militares de três Batalhões (Rotam, 9º e 24º) prendeu seis suspeitos de roubado em uma transportadora, crime ocorrido no Distrito Industrial de Cuiabá. O flagrande aconteceu na madrugada desta sexta-feira (11), quando três deles ficaram feridos durante o confronto, porém sem gravidade.

Natalberth Thiago Gonçalves Moreira, 25, Alek Victor Espírito Santo Silva, 18, Luan Vitor Costa dos Santos, 19, Matheus Correa do Nascimento, 23, Gabriel Haner de Oliveira, 18, Nonato Silva Nascimento, 24. Os três últimos, feridos a tiros, passaram por atendimento médico e estão presos. Já o acusado Alek Victor usa tornozeleira eletrônica, pois foi preso em flagrante delito por furto em dezembro passado. 

A primeira equipe de policiais, do 24º BPM, chegou ao distrito industrial e flagrou um dos carros com suspeitos, um Logan, os quais abandonaram o veículo e fugiram. Logo depois, na saída da transportadora, equipes do Batalhão Rotam flagraram outros suspeitos com um caminhão baú da transportadora carregado de defensivos agrícolas.

Leia Também:  Sine MT oferta 2,9 mil vagas de emprego em 27 municípios

No terceiro veículo, um Ford KA, localizado por outra equipe da Rotam perto da transportadora, estavam mais presos, entre os quais os três que acabam baleados. Nesse carro, conforme relato dos policiais, havia os suspeitos que durante perseguição apontaram armas, entre as quais um fuzil, que depois ficou comprovado ser uma réplica (imitação).

Com a prisão desses seis, a Polícia Militar apreendeu o caminhão e 12 caixas de defensivos agrícolas, além de quatro relógios, seis celulares e dois capuzes. Ainda foram encontrados o fuzil falso, dois revólveres calibre 38 com seis munições e um rádio comunicador com o qual os criminosos poderiam acompanhar conversas e informes sobre atendimento de chamados por unidades policiais militares.

Todos os suspeitos e materiais apreendidos ficaram à disposição da Polícia Civil na Central de Flagrantes.

Comentários Facebook

Agricultura

Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

Lideranças femininas do setor agropecuário de Mato Grosso embarcaram hoje (10.08) para uma visita técnica em Brasília. Ao longo dos próximos dias, um grupo com 40 mulheres visitará a Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA), a sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Instituto Pensar Agro (IPA), entre outras instituições na capital federal.

As atividades fazem parte da programação da Academia de Liderança – Mulheres Líderes do Agro, a primeira organizada pelo Senar-MT exclusivamente ao público feminino. Ao todo, serão três encontros, de julho a setembro. Nesta segunda etapa, que ocorre em Brasília, as mulheres conhecerão mais sobre a atuação das instituições visitadas, seus representantes e a estrutura dos poderes executivo, legislativo e judiciário.

A Academia de Liderança reúne produtoras rurais, lideranças sindicais e mulheres que trabalham no setor agropecuário. O objetivo é formar líderes que possam atuar nas mais diversas esferas que envolvem a agropecuária no estado e impulsionar ainda mais o seu desenvolvimento.

No primeiro módulo, que ocorreu em Cuiabá, as participantes aprenderam mais sobre atuação política no agro e autoconhecimento e propósito. Além disso, tiveram a oportunidade de conhecer as áreas de atuação de cada uma das instituições do Sistema Famato: o Senar-MT, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Instituto Agrihub, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e os Sindicatos Rurais.

Leia Também:  Jovem de 16 anos tenta atravessar rio e morre afogado

Essa é a primeira visita técnica da Academia de Liderança, após o início da pandemia de Covid-19. “Esse momento foi muito aguardado, a pandemia adiou o nosso projeto, mas finalmente conseguimos realizá-lo e estamos muito felizes em poder reunir e fortalecer as mulheres do nosso setor”, afirmou o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA