Mato Grosso

Setas passa a administrar Procon e Direitos Humanos em MT

A lei sancionada pelo governador Mauro Mendes nesta semana promoveu mudanças na então Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas). A partir de agora, a pasta passa a se chamar Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (SETASC) e conta com novas atribuições.

Conforme o artigo 16 da Lei Complementar Nº 612/2019, cabe à SETASC cinco macro competências. A primeira é administrar a política de trabalho, emprego e mão de obra; a segunda é administrar a política de assistência social, direitos humanos e cidadania; a terceira é administrar a política de prevenção ao uso de substâncias e produtos psicoativos; a quarta é administrar a política de inserção das pessoas portadoras de deficiência na vida econômica e social; e a quinta é administrar a política de defesa do consumidor.

Dessa forma, na prática, além das atribuições nas áreas de Trabalho e Assistência Social que a pasta já trabalhava, a SETASC absorve demandas da extinta Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) e também do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon).

Em breve, a SETASC anunciará os locais e respectivos representantes de cada nova área. A secretaria, no entanto, já adianta que o Procon deve sair da Arena Pantanal e será realocado em uma área de mais fácil acesso à população.

Leia Também:  Jovem de 16 anos tenta atravessar rio e morre afogado

“Já estamos trabalhando para as readequações dos locais e nos próximos dias também faremos revitalização de onde for necessário. Recebemos a notícia da inclusão dos Direitos Humanos e do Procon com alegria, já que sabemos a importância dessas áreas para a população, que sempre foi nosso foco maior dentro da Assistência Social e, com esta fusão, continuará sendo ainda mais. Agora, mais do que nunca, poderemos pensar em políticas públicas que funcionem, efetivamente, na vida do cidadão mato-grossense”, afirma a secretária de Estado, Rosamaria Carvalho.

Comentários Facebook

Agricultura

Mulheres líderes do agro realizam visita técnica à Brasília

Lideranças femininas do setor agropecuário de Mato Grosso embarcaram hoje (10.08) para uma visita técnica em Brasília. Ao longo dos próximos dias, um grupo com 40 mulheres visitará a Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA), a sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Instituto Pensar Agro (IPA), entre outras instituições na capital federal.

As atividades fazem parte da programação da Academia de Liderança – Mulheres Líderes do Agro, a primeira organizada pelo Senar-MT exclusivamente ao público feminino. Ao todo, serão três encontros, de julho a setembro. Nesta segunda etapa, que ocorre em Brasília, as mulheres conhecerão mais sobre a atuação das instituições visitadas, seus representantes e a estrutura dos poderes executivo, legislativo e judiciário.

A Academia de Liderança reúne produtoras rurais, lideranças sindicais e mulheres que trabalham no setor agropecuário. O objetivo é formar líderes que possam atuar nas mais diversas esferas que envolvem a agropecuária no estado e impulsionar ainda mais o seu desenvolvimento.

No primeiro módulo, que ocorreu em Cuiabá, as participantes aprenderam mais sobre atuação política no agro e autoconhecimento e propósito. Além disso, tiveram a oportunidade de conhecer as áreas de atuação de cada uma das instituições do Sistema Famato: o Senar-MT, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Instituto Agrihub, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e os Sindicatos Rurais.

Leia Também:  Jovem de 16 anos tenta atravessar rio e morre afogado

Essa é a primeira visita técnica da Academia de Liderança, após o início da pandemia de Covid-19. “Esse momento foi muito aguardado, a pandemia adiou o nosso projeto, mas finalmente conseguimos realizá-lo e estamos muito felizes em poder reunir e fortalecer as mulheres do nosso setor”, afirmou o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia.

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA