Destaque

Soldado da PM morre após ser espancado com socos e chutes

O soldado da Polícia Militar Roberto Rodrigues de Souza, 31, foi morto na noite de domingo (25), após ser espancado com socos e chutes durante uma briga, em uma distribuidora na rodovia Mário Andreaza, em Várzea Grande.

Câmeras de segurança do estabelecimento flagraram o crime. Duas mulheres ainda tentaram intervir, mas não conseguiram.

Logo em seguida, os bandidos saem em um Gol preto e em um Onix prata. Eles ainda não foram presos.

A Polícia Militar foi até o local e encontrou o soldado no chão. A esposa da vítima relatou que os dois estavam voltando para casa, quando pararam no local para usar o banheiro.

A mulher, que continuou no carro, estranhou a demora do policial, desceu do veículo e foi procurar o marido. Ela o encontrou caído no chão e foi informada por um funcionário de que dois bandidos o espancaram com socos e chutes.

Uma testemunha contou também que quando o soldado estava no banheiro, ele acabou se desentendendo com um dos bandidos e começou a pancadaria.

Leia Também:  Mais 800 quilos de entorpecente são incinerados em Rondonópolis

O soldado foi encaminhado para o Pronto-Socorro de Várzea Grande, mas quando chegou à unidade já estava morto.

A Polícia Militar chegou a fazer buscas pela região, mas os criminosos não foram encontrados. O caso é investigado pela Polícia Civil.

 

Fonte: João Aguiar – Repórter MT

Comentários Facebook

Destaque

Oito pessoas são presas durante Operação Integrada de Lei Seca

Oito pessoas foram presas na 46ª edição da Operação Integrada de Lei Seca em Cuiabá. As abordagens iniciaram por volta 23h30 de sexta-feira (17) na Avenida Getúlio Vargas e 100 veículos foram fiscalizados e aplicados 109 testes de alcoolemia.

Foram aplicados 11 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO), uma pelo motorista entregar o veículo a uma pessoa sem carteira nacional de habilitação, violando o artigo 310 do Código Brasileiro de Trânsito (CTB) e outras 10 por dirigirem sem habilitação.

Ao todo, foram aplicados 65 Autos de Infração de Trânsito, 21 por dirigirem sob efeito do álcool, 11 pela recusa do teste de alcoolemia, os 10 sem CNH, 15 por dirigirem veículo sem registro ou não licenciado e 8 por outros motivos.

Foram 44 veículos removidos, sendo 39 carros e 5 motocicletas. Vinte e quatro CNH foram recolhidas e um documento do veículo.

Em Cuiabá, a operação Lei Seca foi realizada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI/Sesp), Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), Detran, Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) e a policiais penais do Serviço de Operações Especiais Penitenciárias (SOE).

Leia Também:  Apostadores de MT faturam prêmio milionário na loteria

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA