Policia

Suspeito é preso pela Polícia Civil por perseguir e ameaçar ex-mulher em Rondonópolis

Policiais da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Rondonópolis prenderam em flagrante, nesta sexta-feira (15.07), um homem de 29 anos pelos crimes de ameaça e perseguição contra sua ex-mulher.

No início de julho, a vítima procurou a Polícia Civil após ser agredida pelo suspeito, e requereu medida protetiva. Mesmo com a medida de restrição imposta, o agressor fez ameaças contra a vítima e a seus familiares.

No dia sete de julho, o suspeito abordou a vítima na rua e a obrigou a seguir com ele de motocicleta, a ameaçando, e a levou para uma chácara, onde ela foi mantida sem contato com a família até sexta-feira, quando conseguiu mandar uma mensagem pedindo socorro. A filha da vítima acionou a Delegacia da Mulher.

Em diligências pela cidade, os policiais da DEDM localizaram o suspeito na região da Vila Aurora e o prenderam em flagrante. Posteriormente, ele foi encaminhado para a penitenciária de Rondonópolis.

Comentários Facebook
Leia Também:  Com nove atrações, Festival Braseiro terá três palcos e apresentações simultâneas

Destaque

Três criminosos morrem em confronto com a PM

Três suspeitos de terem cometido um assassinato no fim de semana em Sorriso, morreram em confronto com a polícia na manhã desta segunda-feira segunda-feira (15/08), no bairro Novo Horizonte 3.

A polícia informou que foram ao imóvel depois de uma denúncia e foi recebida a tiros.

Segundo consta no boletim de ocorrências, quando os policiais chegaram residência perceberam que os suspeitos estavam portando armas de fogo e que ao visualizarem a equipe policial apontaram as armas em direção dos policiais, então, diante da iminente e injusta agressão foram realizados disparos de arma de fogo em direção aos suspeitos até cessar a ação dos indivíduos, sendo desarmados.

Neste momento foi percebido que o suspeito Bruno Dutra portava uma arma de fogo do tipo pistola, Josiel Lima da Silva e Júlio Cesar Menezes da Cruz um revólver cada.

Posteriormente, foi acionado a equipe do corpo de bombeiros militar, que socorreram os suspeitos e encaminharam ao Hospital Regional de Sorriso, mas não resistiram aos ferimentos

Leia Também:  Com nove atrações, Festival Braseiro terá três palcos e apresentações simultâneas

Os mortos são Júlio Cézar Menezes da Cruz, 20 anos, Bruno Dutra, 17, e Josiel Lima da Silva, de 16 anos.

Na casa, foram apreendidas três armas, 33 munições e porções de drogas, além das roupas que o trio usava quando cometeram o crime.

Uma quarta pessoa, também suspeita de participar do homicídio, está foragida.

MORTE NA TANGARÁ

O homicídio foi registrado na madrugada de sábado (13/08), em um conjunto de quitinetes, na região leste do município.

A vítima foi identificada como Israel Oliveira da Cruz, de 22 anos, e tinha três perfurações de arma de fogo.

Imagens capturadas por câmeras de segurança ajudaram a polícia a identificar os suspeitos.

A polícia investiga.

Fonte: G1/JKNotícias

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA