Política Cuiabá

Toninho de Souza alerta população sobre a importância da Campanha Janeiro Roxo

Campanha: Janeiro roxo é o mês de luta contra a hanseníase
A campanha nacional pela luta contra a Hanseníase chama a atenção da população para o diagnóstico precoce e combate à doença. O objetivo da Campanha é divulgar informações e oferecer o tratamento correto para todos.&nbsp
Segundo a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso, o Estado há alguns anos apresenta nível considerado hiperendêmico para casos de hanseníase e ocupa a primeira posição com as maiores taxas de predominância e incidência da doença no país.
O vereador Toninho de Souza (PSD) alerta a população sobre a importância da Campanha e a necessidade de estimular a conscientização da população quanto aos casos de hanseníase e também para o tratamento.
“É um assunto extremamente preocupante que envolve o nosso Estado, a hanseníase é uma das doenças mais antigas do mundo e infelizmente ainda existe nos dias de hoje. Mato Grosso apresenta grande incidência da doença, e eu fico triste pois temos medicamentos gratuitos nos Postos de Saúde, a doença tem tratamento, mas muita gente não procura, vamos juntos tirar Mato Grosso desta triste posição”, explicou o parlamentar.
Por se tratar de uma doença silenciosa e incapacitante, o diagnóstico precoce, o tratamento e a prevenção são ações prioritárias para bloquear a transmissão e reduzir as deformidades decorrentes da evolução da doença, como também, desconstruir o preconceito que causa discriminação, danos psíquicos, morais e sociais aos doentes e seus familiares.
O Ministério da Saúde mantém uma página atualizada sobre a hanseníase, contendo fluxos, protocolos clínicos, diretrizes terapêuticas, informações técnicas e publicações da área: ?http://portalms.saude.gov.br/saude-de-a-z/hanseniase?
Verônica Rakel
Assessoria de Imprensa

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook

Política Cuiabá

CCJR analisa novos projetos nesta quarta

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Câmara Municipal de Cuiabá fará mais uma reunião remota na manhã desta quarta-feira (22), a partir das 10h30, para analisar nove projetos de lei de autoria dos próprios parlamentares.

A comissão é presidida pelo vereador Lilo Pinheiro (PDT), tendo como vice-presidente Juca do Guaraná Filho (MDB) e Wilson Kero Kero (Podemos) como membro.

Dentre a pauta, consta o projeto de lei de autoria do vereador Misael Galvão (PTB), presidente do legislativo cuiabano, que apresenta um substitutivo ao processo legislativo nº 1.136/2019 em tramitação na Casa de Leis. O processo em destaque dispõe sobre a classificação de atividades de baixo risco para o desenvolvimento de atividade econômica no município de Cuiabá, em consonância com a Lei Federal que institui a declaração de direitos e liberdade econômica.

Outro projeto que será analisado pela CCJR é o projeto de lei de autoria do vereador Marcelo Bussiki (DEM) que dispõe sobre a isenção das taxas de concursos públicos e processos seletivos municipais aos prestadores de serviço voluntário e dá outras providências.

Será analisado ainda o projeto que torna obrigatório a instalação de dispositivos de sinalização com tradução para dois idiomas em órgãos e prédios da administração municipal, de autoria do vereador Adilson Levante (PSB).

Jean Estevan / Câmara Municipal de Cuiabá

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA