Política Cuiabá

Toninho de Souza se reúne com Vuolo e diretoria do Mixto para alinhar parceria

Aspectos Legais estão sendo definidos para concretizar apoio ao Mixto Esporte Clube.
O vereador Toninho de Souza se reuniu na manhã desta segunda-feira (28), com o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo e também o presidente do Mixto Esporte Clube Fause Chauchar, para alinhamento da parceria da Prefeitura de Cuiabá ao Mixto. O parlamentar explicou sobre esta iniciativa e de que forma ela será colocada em prática.
“O Mixto Esporte Clube é o time de maior torcida e títulos de Mato Grosso, estamos usando uma Lei que já existe, de autoria do saudoso Júlio Pinheiro para ajudar o time. Tivemos o compromisso do prefeito Emanuel Pinheiro de que vai colocar em prática essa Lei, e nós estamos aqui, na secretaria, iniciando essa materialização, para que o Mixto tenha a garantia do apoio da Prefeitura e que o incentivo ao Mixto e Dom Bosco, que o Prefeito Emanuel provavelmente também irá ajudar, estarmos juntos comemorando essa data marcante dos 300 anos da nossa querida Cuiabá”, pontuou o parlamentar.
O secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, explicou os trâmites legais para que essa parceria seja realizada. “Estamos buscando instrumentos legais para aportar recursos e apoiar o futebol profissional do nosso estado, em especial os clubes de Cuiabá, como Mixto e Dom Bosco. Estamos trabalhando os aspectos legais, de que forma e como seria possível essa parceria, como por exemplo, questões orçamentárias e de valores, uma vez que estamos vivendo o tricentenário da nossa querida Cuiabá. O esporte faz parte de toda a tradição cuiabana, é uma paixão, e os clubes Dom Bosco e Mixto ao serem apoiados, estaremos ajudando aquilo que representou a história do nosso futebol”.
Toninho também falou sobre a possibilidade da realização de um quadrangular que vai somar com os eventos dos 300 anos da Capital. “Além do apoio ao Mixto Esporte Clube, poderá ser realizado um quadrangular entre os times daqui e de outros de fora, com casa cheia, e utilizando também a parte social, que seria a doação de alimentos não perecíveis. É o esporte sendo assistido e a população carente recebendo essas doações. Mixto e Dom Bosco representam o que tem de melhor do futebol histórico da nossa capital”.
O presidente do Mixto Esporte Clube, Fause Chauchar lembrou da trajetória do Mixto como o time que representa historicamente a capital de Mato Grosso. “Essa parceria vai ajudar muito, o Mixto, o Tigre da Vargas faz parte da história de Cuiabá, foi fundado em 1934, queremos com essa parceria resgatar o nosso futebol. Fizemos um grande investimento no time para que ele volte a conseguir novamente grandes títulos”, pontuou.
História:
A história do Mixto Esporte Clube se confunde com a história da Cuiabá do século passado, sendo parte das tradicionais marchas carnavalescas e festas populares, o Mixto se tornou o orgulho dos cuiabanos levando o nome da cidade por vários cantos do Brasil.
Até os dias de hoje fortificando-se como um clube das massas, do sotaque, da culinária, das crenças e do modo de vida do cuiabano.
Verônica Rakel
Assessoria de Imprensa

Imprimir Voltar Compartilhar:  

Comentários Facebook

Política Cuiabá

CCJR analisa novos projetos nesta quarta

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Câmara Municipal de Cuiabá fará mais uma reunião remota na manhã desta quarta-feira (22), a partir das 10h30, para analisar nove projetos de lei de autoria dos próprios parlamentares.

A comissão é presidida pelo vereador Lilo Pinheiro (PDT), tendo como vice-presidente Juca do Guaraná Filho (MDB) e Wilson Kero Kero (Podemos) como membro.

Dentre a pauta, consta o projeto de lei de autoria do vereador Misael Galvão (PTB), presidente do legislativo cuiabano, que apresenta um substitutivo ao processo legislativo nº 1.136/2019 em tramitação na Casa de Leis. O processo em destaque dispõe sobre a classificação de atividades de baixo risco para o desenvolvimento de atividade econômica no município de Cuiabá, em consonância com a Lei Federal que institui a declaração de direitos e liberdade econômica.

Outro projeto que será analisado pela CCJR é o projeto de lei de autoria do vereador Marcelo Bussiki (DEM) que dispõe sobre a isenção das taxas de concursos públicos e processos seletivos municipais aos prestadores de serviço voluntário e dá outras providências.

Será analisado ainda o projeto que torna obrigatório a instalação de dispositivos de sinalização com tradução para dois idiomas em órgãos e prédios da administração municipal, de autoria do vereador Adilson Levante (PSB).

Jean Estevan / Câmara Municipal de Cuiabá

Comentários Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA